O Sensacional Museu Madame Tussauds

Imagine um lugar onde estão reunidas personalidades do cinema, da música, da ciência, da política e dos esportes. Junte a elas personagens da ficção e grandes nomes da história mundial. Que tal se você pudesse chegar bem perto e tirar uma foto com os seus preferidos? Bem, esse lugar existe e você pode tirar fotos com as celebridades que quiser, mas só tem um detalhe: todos eles são de cera. Estamos falando do Museu Madame Tussauds.

O Museu tem esse nome em homenagem à sua idealizadora, Anna Marie Tussauds, uma artista francesa. Nascida em 1761, Marie Tussauds começou a desenvolver o trabalho que a tornou famosa ainda jovem, esculpindo rostos de aristocratas executados durante a Revolução Francesa. A artista chegou a Londres fugindo da violência que se espalhou pelo seu país em decorrência da Revolução, e na Inglaterra passou a criar esculturas de cera incrivelmente parecidas com personalidades da época. Suas obras ganharam notoriedade quando o rádio e a televisão ainda nem existiam. Entre as figuras esculpidas pelas mãos da própria Marie Tussauds estão François Voltaire, Benjamim Franklin e Shakespeare.

Em 1835, a artista resolveu manter uma exposição fixa de suas esculturas no Baker Street Bazaar, uma galeria de lojas em Londres, e passou a cobrar dos visitantes que queriam apreciar as obras. Ela continuou esculpindo até o fim da vida. Em 1884, o acervo foi transferido para o prédio do antigo London Planetarium. Era a inauguração do Museu Madame Tussauds. Atualmente, o estabelecimento é administrado por familiares da escultora e conta com o trabalho de excelentes artistas para continuar produzindo esculturas de personalidades dos nossos dias. Desde sua inauguração, estima-se que o Museu já recebeu mais de 500 milhões de visitantes.

As estátuas de cera em tamanho real são organizadas conforme categorias, entre elas música, cinema, esportes, política e personagens da ficção. Lá podem ser vistas réplicas perfeitas de Elvis Presley, Madonna, Bob Marley, Julia Roberts, John Travolta, Ayrton Senna, Pelé e até dos Beatles. Estátuas de líderes que marcaram a história, como Fidel Castro, Adolf Hitler, Martin Luther King, Margareth Thatcher, Mahatma Ghandi e membros da família real britânica também podem ser vistos.

O Museu reserva uma área feita para assustar os visitantes. É a Câmara dos Horrores, ambiente que retrata em cores vivas acontecimentos históricos verdadeiramente chocantes, como as torturas praticadas na Idade Média e as decapitações ocorridas no período da Revolução Francesa. Tanto quanto as estátuas de celebridades, as esculturas exibidas nesse ambiente são incrivelmente parecidas com humanos, provocando mal-estar em algumas pessoas. O desconforto é tão freqüente entre os visitantes que existe até uma porta de fuga nessa seção do Museu, para que as pessoas que não suportarem ver as cenas representadas possam sair rapidamente.

E como não podia deixar de ser, a própria Madame Tussauds possui uma estátua no Museu. É permitido fotografar todas as estátuas e posar ao lado delas, então câmera fotográfica é um item que o visitante não deve deixar de levar, sob pena de se arrepender muito quando estiver lá dentro. Dificilmente alguém vai se contentar em apenas ver a perfeição das estátuas, todos querem sair em fotos ao lado das réplicas de suas celebridades favoritas.

O sucesso das esculturas é tanto que o Museu já tem filiais em cerca de 15 cidades, entre elas Nova York, Washington, Las Vegas, Hollywood, Berlim, Amsterdam, Sidney, Shangai e Hong Kong. Recomenda-se comprar os ingressos com antecedência, pois sempre há filas. Vale a pena conhecer o Museu Madame Tussauds.