O Que é Pavimentação?

Também conhecido calçamento, a pavimentação é a constituição de uma ou mais camadas de materiais sobre o solo, visando o aumento de sua resistência para a livre circulação de veículos ou pessoas. São basicamente três tipos de pavimentação: urbana, industrial e rodoviária. Cada uma apresenta características similares, cuja diferença se dá por conta da quantidade de material usada e a finalidade, ou seja, a mesma estrutura para uma área urbana, com baixo fluxo de carros é diferente daquela aplicada em uma rodovia estadual onde há o trajeto de carros e caminhões diariamente.

Etapas da pavimentação

Pavimentação AsfálticaExistem diferentes etapas para a pavimentação, que inclui a terraplanagem e a adição de materiais, rochosos, além de pedras britadas, cimento e concreto asfáltico. Os pavimentos são estruturas realizada em múltiplas camadas, o qual o revestimento é a camada destinada a receber a carga dos veículos e recebe a ação climática diretamente, como chuvas e por isso precisa ser de um material impermeável e resistente aos esforços do contato com os pneus. Essa camada varia por conta da carga e a velocidade que os veículos percorrem.

Os pavimentos brasileiros são compostos de uma mistura de agregados minerais com tamanhos diferentes, variando conforme a fonte. Eles apresentam ligantes asfálticos processados para garantir impermeabilidade da camada, a flexibilidade do asfalto, garantindo estabilidade, durabilidade e resistência a derrapagens, além de trincamento por conta das variações climáticas.

O material usado é aplicado de acordo com as camadas pré – definidas. Ele é lançado por equipamento apropriado, denominado vibroacabadora, que permite a aplicação adequada. Em seguida ocorre a compactação, que utiliza diferentes equipamentos, dos quais se destacam os diferentes tipos de rolo compressor. Durante a aplicação é realizado o constante nivelamento, para que o asfalto se torne rente ao solo, mantendo o nível de acordo com a terraplanagem. Além disso, a mistura recebe tratamentos superficiais que aumentam a aderência ao solo e a vida útil do asfalto.

De onde vem o material

O material usado na pavimentação é fabricado em uma usina específica e pode ser fixa ou móvel, conforme as necessidades de produção. Eles são identificados quanto ao tipo de agente ligante: a quente ou a frio. Elas são separadas levando em consideração a distribuição granulométrica, podendo ser densas, abertas, contínuas e descontínuas. Antes da aplicação no pavimento, elas são separadas em misturas novas fluidas (lama asfáltica e micro revestimento) e misturas recicladas em que são usadas fresadoras-recicladoras. A dosagem é feita conforme os requisitos determinados no projeto e especificações do antigo DNER ou do atual DNIT.Asfalto

A importância do projeto

Antes de fazer a pavimentação é feito um projeto para que a estrutura do pavimento tenha a dosagem de mistura correta para aquele local. São levados em consideração a estrutura do solo, o desnível do solo, o volume do tráfego e as condições climáticas do lugar, principalmente no período das chuvas. O projeto deve se adequar ainda as limitações do solo e ao trafego diário, levando em consideração a população e o ecossistema. Muitas empresas e órgãos governamentais tem dado preferência a adição de polímeros, como pneu triturado, que diminui os custos de produção e dá um novo uso aos pneus que seriam descartados no ambiente.