O Que é e Como Funciona Um Consórcio?

O que é um consórcio?

O consórcio é a melhor opção de compra planejada para todo o tipo de bens.

O Consórcio é a melhor opção de compra.

A palavra “consórcio”, derivada do latim “consórtiu”, significa a relação de um sócio com outro. Hoje em dia seu significado continua muito similar. Trata-se de várias pessoas interessadas em algum tipo de bem em comum, com modelos e valores idênticos ou não. É uma forma de compra parcelada que se destaca no mercado atualmente por não permitir juros abusivos ou exigência de entradas para os mais variados tipos de compras. É a melhor forma de compra planejada para carros, imóveis, caminhões, aviões, helicópteros e bens diversos como cursos de intercâmbio, viagens e tratamentos estéticos.

Um consórcio pode ser contratado por uma pessoa física ou jurídica e essas pessoas que se interessam por bens determinados formam um grupo fechado, cuja finalidade é formar uma poupança destinada, por meio de autofinanciamento, à compra de algum tipo de produto ou serviço. Os grupos de consorciados podem aparecer nas seguintes formas:

  • Grupo Homogêneo – Nesse tipo de grupo todos os consorciados têm interesse na aquisição de um bem com o mesmo valor monetário, como por exemplo, um automóvel de determinada marca e determinado modelo.
  • Grupo Misto – No grupo misto os consorciados estão interessados em adquirir bens de valores monetários diferentes.

O que é carta de crédito?

Ao terminar o período acordado pelo contrato de consórcio, caso ainda não tenha sido contemplado pelo bem escolhido, você recebe uma carta de crédito para a troca do bem escolhido. O valor de carta de crédito varia de 50 a 200 mil reais. Para ser contemplado antes do término do contrato, é necessário estar com seus pagamentos em dia, cumprindo esse requisito o consorciado recebe uma carta de crédito por meio de lance ou sorteio.

Consórcio x Financiamento. Qual fazer?

A dúvida: Consórcio ou financiamento?

Consórcio X Financiamento

Essa é uma dúvida que sempre fica na cabeça das pessoas. Conheça essas duas modalidades e avalie sua necessidade:

Consórcio

O princípio de como funciona um consórcio é simples: você define um valor que deseja receber de acordo com o tipo de bem que tem em vista e adere a um grupo. Uma empresa administradora de consórcio tem o prazo de 90 dias para formar um grupo que comporte um número predeterminado de consorciados. Você não paga juros ou parcelas de entrada, arcando apenas com uma pequena taxa administrativa. É o ideal para um planejamento financeiro e para quem não está necessitando de um bem como imóvel ou veículo, entre outros, com urgência.

Financiamento:

É uma modalidade de crédito em que existe a incidência de juros e dificilmente não há necessidade do pagamento de uma parcela de entrada para a compra de um bem. É bastante popular para a compra de imóveis e veículos, porém, o valor dos bens comprados com essa modalidade de crédito, incluindo correção monetária e juros de 9% a 16% ao ano, costuma ser o dobro do valor original. Para fazer um financiamento, como regra, o comprador não pode comprometer mais do que 30% de sua renda com a parcela.

Conclusão:

Tudo depende de sua necessidade e dos recursos financeiros de que você disponibiliza. Um exemplo básico para decidir é o da compra de um carro, se você trabalha longe e precisa de um carro, talvez um financiamento possa ser interessante para você, mesmo com todos os juros e correção monetária, pois no seu caso, o carro é uma urgência. Porém, se você já tem um carro e está pensando em trocar, o consórcio é sem dúvida a melhor opção para uma compra planejada por seu valor ser mais acessível e justo.

A nova lei do consórcio

A nova lei do consórcio beneficiou a compra de muitos bens

A nova lei do consórcio veio beneficiou muitos bens

Uma das principais mudanças proporcionadas pela nova lei é a abertura do mercado de consórcios para os segmentos de serviços. Antes, apenas bens móveis e imóveis podiam ser adquiridos via consórcio. Agora é possível adquirir consórcios para fazer uma cirurgia plástica, viagens, cursos de MBA, casamentos, entre outros. A vigência da lei entrou em vigor no dia 02 de fevereiro de 2009, desde lá, todos os contratos são beneficiados por ela.

Quem pode fazer um consórcio?

Um consórcio pode ser feito em bancos, concessionárias, agências financeiras ou empresas especializadas, por isso, tudo depende das regras vigentes na própria instituição que você escolher, contudo, algumas regras são uniformes para todas elas.

Para fazer o seu consórcio:

• O primeiro passo é encontrar uma instituição que tenha referências e histórico, uma pesquisa na internet e conversas com amigos ou parentes que já tenham feito um consórcio é uma ótima dica.
• Leia atentamente o contrato de adesão do consórcio e tire todas as dúvidas possíveis com o canal de atendimento da empresa para conhecer e ter ciência dos custos e responsabilidade assinada. É uma forma de manter seu planejamento financeiro em dia.

Tenha cuidado com a segurança!

Certique-se que a empresa que você está escolhendo possua registro no Banco Central do Brasil e na Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC). Essa precaução é necessária porque muitas empresas oferecem propostas fraudulentas e o registro nestas instituições é a garantia de segurança para o seu investimento.

 BANCO CENTRAL DO BRASIL: Ao fazer negócios com escritórios que não possuam permissão do BC para atuar na área de consórcios, você corre um sério risco de ser lesado. O Banco Central é a autoridade competente para os assuntos relativos ao Sistema de Consórcios, atuando como órgão Normatizador e Fiscalizador do exercício da atividade de administração de grupos de consórcio.

ABAC: A Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios é uma entidade que representa as Administradoras que atuam no Brasil. Ela atua na busca ao aperfeiçoamento das normas e dos mecanismos do sistema, além de atuar como interlocutora perante as autoridades competentes e aos consorciados.
Sempre se preocupe com a segurança!

Qual é o consórcio que você precisa?

Por mais que a forma básica de um consórcio seja a mesma, existem algumas variações para cada tipo de bem que devem ser consultadas com a empresa escolhida. Os consórcios mais comuns e procurados são os de carros, motos e imóveis, porém, existem muito outros bens e serviços que podem ser adquiridos por meio de consórcios. Conheça sobre eles:

Consórcio de imóveis

Muitas pessoas não tem o conhecimento de que podem comprar imóveis pela modalidade consórcio, porém essa é a forma mais fácil de estar adquirindo um imóvel novo ou usado. A forma mais popular de compra para esse bem são os financiamentos, mas para quem se planeja e procura investir sem perder com juros e taxas abusivas essa é a melhor opção. Com a vantagem de serem vinculados aos créditos específicos para esse tipo de compra, os consórcios para casas, apartamentos e todo o tipo de imóveis oferecem ainda mais vantagens do que os consórcios para outros tipos de bens, inclusive não tendo que pagar juros ou taxas referenciais (TR), parcelas intermediárias ou residuais e não utiliza seu FGTS.

O consórcio de veículos e imóveis é mais comum.

Consórcios mais comuns.

Consórcio para automóveis

Os consórcios para carros são os mais procurados e a forma mais satisfatória e econômica de adquirir carros, motos e caminhões. A desvantagem que muitas vezes impede a compra por essa modalidade de crédito é que nem sempre você consegue retirar o carro de imediato, porém, as vantagens são muitas, como por exemplo, a possibilidade de antecipar o pagamento das parcelas, de trocar o modelo contemplado e de vender a quota de consorciado em caso de dificuldade de pagamento.

Carros

Há muito tempo ter um carro se tornou uma necessidade básica, e os dados comprovam porque o consórcio de carros é o mais procurado e o mais vendido pelas administradoras, lojas e concessionárias. Só até outubro de 2011 a ABAC constatou 1,82 milhão de cotas comercializadas em todo o país.

Caminhões

A compra de caminhões por consórcio também é muito procurada por ser um grande meio de investimento pra quem é autonomo ou empresário. Além de todas as vantagens que os consórcios proporcionam como não ter juros, ou a necessidade de entrada, a taxa de administração normalmente varia em torno de apenas 0,16% a.m.

Motos

Hoje a moto é o veículo mais vendido em todo o país. Por ser um veículo ágil, barato e econômico em relação à manutenção e consumo dos carros convencionais, ela não só é o veículo mais vendido, como também está no ranking dos consórcios mais procurados.

Consórcio de outros bens

Com a nova lei de consórcio de 2009, muitas pessoas se beneficiram pela possibilidade de compra de diversos bens por meio dessa modalidade financeira. Agora, a compra de barcos, aviões, helicópteros e maquinários diversos pode ser feita com a melhor forma de pagamento existente no mercado.

Avião

A compra de aviões por meio de consórcio também está se tornando bastante comum. Por ser uma compra programada, como uma poupança onde você paga a prazo e sem juros, pagando apenas uma taxa de administração que é sempre muito menor do que os juros praticados no mercado em outras modalidades de crédito, a compra de aviões por consórcio já se tornou uma preferência.

Helicóptero

Apresentando um número expressivo de 10% de aumento de vendas, a frota de helicópteros brasileira é uma das que mais cresce no mundo. A cidade de São Paulo, símbolo de trânsitos caóticos no Brasil, por exemplo, fica em terceira posição no ranking, perdendo apenas para Tókio e Nova York. A vantagem de existir um consórcio específico para esse tipo de bem é que, ao contrário de outras formas de pagamento, você não paga entrada, taxas de juros e, até ser contemplado, não necessita de comprovação de renda.

Maquinários

Para expandir ou iniciar seus negócios existe esse tipo de consórcio, logo que, a compra ou atualização de maquinários é algo indispensável para inúmeras empresas e indústrias. Durante o ano de 2011 os consórcios feitos para compra de maquinário superaram R$ 60 milhões no Brasil e essa opção financeira é, cada vez mais, a escolha dos empresários. Esse tipo de bem também foi beneficiado pela nova lei do consórcio, desde então se pode utilizar a carta de crédito do consorciado contemplado para aquisição de máquinas para indústria, agricultura ou outro tipo de maquinário.

Consórcio para serviços

Também beneficiados pela nova lei de consórcios, diversos serviços, como fazer um curso no exterior, fazer uma viagem dos sonhos, fazer uma cirurgia plástica, um tratamento estético ou custear uma festa de casamento, se tornaram possíveis. Nesse caso, ele funciona como uma poupança programada que pode ser utilizada para diversas finalidades como financiar festas ou até mesmo quitar um financiamento pendente.

Consórcio para todo o tipo de serviços agora pode ser feito.

A nova lei do consórcio permite consórcio para serviços diversos.