O Lenço na Moda Gestante

Muito comum na época mais fria do ano, a sobreposição de peças é aquele toque que fecha qualquer visual com um ar de “indispensável”. Seja com um casaquinho, echarpe ou mesmo usando um simples lenço por cima da blusinha branca, o truque vai bem com qualquer mulher, em qualquer situação. Mas e as grávidas? Elas também podem usar esse recurso?

A resposta é: DEVEM. O maior receio de uma mulher grávida quando à sobreposição de peças do vestuário provavelmente se deve ao medo de aumentar seu volume ainda mais. Imagine: já tem o barrigão aumentando o volume corporal, as roupas já estão folgadas “e eu ainda vou fazer sobreposição? Isso vai me aumentar ainda mais!”. Não é bem assim. Na verdade, a própria moda gestante está cheia de sugestões desse tipo – e pode acreditar, não transformam nenhuma gravidinha em balão!

Mulher de lenço colorido

O truque é saber como fazer

Claro que nem toda forma de sobrepor vai ser uma boa ideia nessa fase, mesmo que antes da gravidez algumas delas lhe caíssem maravilhosamente bem. Um exemplo é o visual hippie-chic que faz tão bem às magrinhas: uma saia longa e esvoaçante em tom neutro com regata branca e um longo e belo lenço amarrado a cintura ficava um espetáculo! Mas agora a cinturinha não está tão fina – e aí sim: se colocar um lenço nessa região do corpo, vai chamar a atenção para a área errada do corpo.

A moda gestante traz opções que puxam o olhar para a cabeça e o pescoço da mulher grávida, já reparou? Isso é de propósito. Chamando a atenção para regiões menos volumosas, cria-se um equilíbrio no visual geral da gravidinha, harmonizando todo o conjunto da obra. Vamos ver uns exemplos?

Lenço faz a minha cabeça!

Aliás, essa forma de usar lenço fica charmosa em qualquer mulher, indo dos looks mais descolados até os mais sofisticados. Ele pode ser usado enrolado em volta da cabeça como se fosse um arco, mantendo os cabelos para trás (isso na época de calor é uma bênção); também pode ser usado como coroa (as mais escoladas e com estilo hippie ficam super bem com essa forma de usar); uma opção romântica é usá-lo para amarrar o cabelo em rabo-de-cavalo, pois fica leve e diferente (é só usar um lenço mais curto).

E no inverno: pescoço protegido do frio

No inverno, o uso do lenço na cabeça continua liberado, mas talvez você prefira usá-lo no pescoço, Pode parecer que não, mas ele interfere muito no conforto térmico! Já que grandes artérias passam por essa região do corpo, um grande volume de sangue ganha ou perde temperatura quando passa por ali. Já reparou que no calor você não aguenta usar gola alta? Então: é por isso! Mas como estamos falando agora de moda gestante para o inverno, vamos ver alguns exemplos bem bacanas.

Roupa para gestante invernoAs mais discretas provavelmente vão preferir um lenço que faça menos volume e que proteja só o pescoço. Para estas, aqueles modelos de lenço quadrado em chiffon são ótimas pedidas, porque são fáceis de amarrar (só um nozinho atrás do pescoço já resolve) e compõem bem com qualquer peça do guarda-roupas. É bem fácil encontrar estampas mais neutras e o volume total que eles fazem no look final é discretíssimo – mas para as que gostarem de lenços assim mas com cores mais fortes, também não faltarão opções!

As mais magrinhas costumam ser mais “friorentas” e devem preferir lenços que, além de protegerem o pescoço, também fechem mais sobre o busto. Também existem opções de lenços quadrados para isto, bastando que eles tenham dimensões maiores. Mas caso eles não sejam suficientes, as gravidinhas podem usar os lenços tipo echarpe, que são aqueles mais compridos. Cria-se visuais incríveis com eles! A mulher pode dar várias voltas ao redor do pescoço, deixando algumas mais soltas para que caiam sobre o busto, criando um visual  sofisticado e mantendo-a protegida do frio. Também há a opção de usar esses lenços longos como “aviador”, ou seja, uma ponta longa pendendo na frente do corpo e outra pendendo atrás. Très chic!

Mas o melhor dos lenços é que são encontrados numa variedade tão grande de materiais, modelos e estampas que fica até difícil escolher um! Os mais usados atualmente são os de tecido leve, como o chiffon, mas também são encontrados em cetim, crochet, lãzinha… Também existem opções de acabamento: com ou sem franjas, com ou sem babados, com ou sem pedrarias… O importante é escolher um que agrade seus olhos e não irrite sua pele (lembre-se que ela fica mais sensível nessa fase da vida do que nas outras).

Pronta para arrasar?