O Dilema do Atrasado

Vans e o dilema do atrasado

Atraso Quem trabalha com van intermunicipal sabe como é. Nesse tipo de contrato, o motorista costuma levar estudantes para faculdades que ficam em outras cidades, ou então trabalhadores que estão empregados em cidades próximas. Em resumo, são pessoas com hora certa pra chegar e para sair do local.

É uma situação simples e complicada ao mesmo tempo porque, ainda que pareça fácil sair e chegar no horário, há sempre a possibilidade de problemas no caminho como trânsito, reformas nas estradas (com o irritante esquema de pare/siga), falhas mecânicas e falhas humanas – inclusive aquela provocadas pelos próprios passageiros. Quem trabalha com aluguel de vans sabe como isso é fácil de acontecer, não é?

E a desculpa de hoje é…

Eventualmente, acontece com qualquer pessoa: a pilha do relógio pode descarregar durante a noite e ele não toca na hora certa. Mesma coisa com o celular (no caso de quem o utiliza como despertador). O gato treinado pra acordar o dono na hora certa pode perder o horário por pura preguiça. O banheiro pode entupir e você vai ter que dar um jeito naquilo ali antes de seguir pro ponto de encontro. A esposa acorda gripada e quem vai ter que trocar a fralda suja do recém-nascido é você, inevitavelmente. Você espirrou enquanto passava o delineador nos olhos e agora parece uma versão bizarra do palhaço do filme “It” e vai ter que remover e refazer tooooda a make antes de sair de casa (porque sair sem make definitivamente não é uma opção). Um pombo pousado no fio de energia se aliviou exatamente quando você passava debaixo dele e no way que você vai só passar um lencinho umedecido nessa nojeira! O filho passou a madrugada toda num torneio internacional de Unreal na internet e você passou a noite em claro com ele gritando “headshot” e “monsterkill” (tomara que ele tenha conseguido pelo menos o terceiro lugar nessa desgraça, pra valer a pena); acabou não conseguindo acordar a tempo.

Desculpa esfarrapada ou não, o fato é que quando alguém da van se atrasa, gera um problema muito desconfortável para o motorista. Os outros passageiros se impacientam porque não podem perder o horário; já o atrasado também é pagante e vai ficar fulo se partirmos sem ele. O que fazer?

Alguma tolerância é válida

Todos concordam que sempre dá pra esperar por alguns minutos, no máximo cinco (mais que isso compromete uma folga de tempo importante, caso haja contratempo no percurso). Se passar disso, não tem jeito: o melhor é partir sem o atrasado, mesmo.

Na verdade, o ideal é que o atrasado tenha o telefone do motorista e o informe sobre o atraso e se ele conseguirá chegar dentro desse tempo-limite, ou se passará poucos minutos dele; nesse caso, todos podem julgar ser melhor aguardá-lo, principalmente se for daqueles passageiros que nunca se atrasam. Ou mesmo para avisar que não vai chegar a tempo e que podem partir sem ele – aliás, é o mais educado a se fazer.

Muitos motoristas costumam ter a lista de telefones de seus passageiros – caso o atrasado não ligue para se explicar, o motorista toma a iniciativa e avalia a situação; se necessário, junto aos demais passageiros.

AtrasosÉ importante levar em consideração que o grupo não pode ser prejudicado por um passageiro, mesmo ele sendo pagante regular e tudo o mais. Afinal, todos os outros também são, não é? Isso tem que ficar claro – inclusive pode ser colocado no contrato, para evitar aborrecimentos futuros. Lá pode ser explicitado qual o limite de espera caso alguém do grupo se atrase. Se desejarem que o tempo aumente, o ideal é que o encontro se dê mais cedo (e não que a saída se dê mais tarde). Com um pouco de conversa, esse tipo de detalhe se resolve rápido.

E é importante, também, que os passageiros tenham um plano B sempre engatilhado, caso eles se atrasem e sejam “deixados para trás”. Há alguma viação de ônibus interurbano que atenda você no horário que precisa? Ou a van mesmo é o seu único meio de chegar onde precisa no horário? Se for, o melhor negócio é deixar dois despertadores no jeito (caso um deles resolva falhar) e evitar dormir muito tarde para não ter dificuldades para acordar na hora certa.

Atrasos acontecem, mas não podem causar problemas a quem chegou na hora. Motorista: se alguém demorar muito a chegar, não sinta culpa em seguir sem ele. Ah: e não seja VOCÊ o atrasado da história, hein? ;)