O Colecionador de Ossos – Jeffery Deaver

Uma série de assassinatos misteriosos está prestes a serem cometidos em Nova York, e o primeiro indício disso é a primeira vitima encontrada após um alerta geral de sequestro: um homem é encontrado pela detetive Sachs em uma de suas rondas normais. O corpo da vítima é encontrado enterrado, com apenas uma das mãos de fora, sendo que nela, um dos dedos está completamente descarnado e apresenta um anel de diamante.

Como o motivo não é roubo e a vítima era uma figura bastante importante que estava na cidade para uma conferência mundial que acontecia naqueles dias, o crime é encaminhado para um especialista excepcional: Lincoln Rhyme. Apesar de ser um criminologista brilhante, Rhyme não quer aceitar o crime, pois está afastado do trabalho. O motivo: em um dos crimes que investigava, sofreu um acidente e ficou tetraplégico. Após anos de tratamento e tentativas de voltar a se movimentar, ele acaba decidindo que o suicídio é uma forma mais fácil de sair do sofrimento. Entretanto, quando seus planos estavam para se concretizar (ele precisava de ajuda para poder se suicidar, visto que não conseguia fazer isso sozinho), ele acaba sendo apresentado a esse caso extraordinário do sequestro.

Mesmo não querendo se envolver, Rhyme acaba fazendo contribuições importantes no entendimento do crime e, ao perceber que o assassino está provocando a polícia, ele decide ter mais um tempo de vida para tentar encontrar a outra pessoa que havia sido sequestrada. Com a ajuda de Sachs e de antigos colegas de polícia, Rhyme segue alguns métodos questionáveis para conseguir localizar o local em que a próxima vítima será sacrificada, tenho como base algumas pistas que o próprio assassino plantou junto a primeira vítima. Rhyme e Sachs precisam correr contra o tempo, tentando entender o que esse serial killer está tentando provar a si mesmo e a polícia e impedi-lo de matar suas vítimas.

O jogo começa a ficar cada vez mais perigoso e os policiais percebem que ele parece estar seguindo um padrão e cometendo crimes em locais que antigamente haviam sido cenários para crimes hediondos. Cabe aos dois policiais prenderem o assassino e colocar de uma vez por todas um fim a esse mistério que vem colocando em risco toda a cidade de Nova York, uma vez que as vítimas estão sendo escolhidas por acaso.