O Brasileirão 2012 e o Tetracampeonato do Fluminense

Fluminense

Fluminense

O Brasileirão 2012 está chegando ao fim e o Fluminense sagrou-se como o grande campeão. Mas além de ter sido, segundo terceiros ligados ao futebol, beneficiado pela arbitragem em alguns – ou vários – jogos, ao analisarmos os números da tabela do Brasileirão, constatamos que o tricolor das Laranjeiras fez uma excelente campanha, e portanto é um campeão legítimo.

Vejamos: maior número de vitórias, menor número de derrotas, maior saldo de gols, defesa menos vazada e o ataque mais positivo. Fora os prêmios individuais: Fred foi eleito craque do campeonato e possivelmente será o artilheiro. O atacante do clube carioca tem 19 gols até então, três a mais que Luís Fabiano, atacante do São Paulo. Além de Fred, outros três jogadores do Fluminense foram eleitos para a seleção de melhores do ano. Abel Braga, técnico da equipe tetracampeã, também foi lembrado. Abel foi eleito o melhor treinador da Série A de 2012.

Mas futebol não vive só de números. Abel Braga é um treinador experiente e que mostra ter atingido o seu ponto de maturação. Atualmente, é um dos técnicos mais bem pagos do futebol brasileiro. Seu trabalho é consistente, confiante no seu grupo e seguro em suas decisões. Um bom malandro que soube montar um time forte e ambicioso. Um treinador acima da média, não por acaso eleito o melhor do ano.

Dentro de campo, os destaques: melhor goleiro em atividade no futebol brasileiro, Diego Cavalieri foi uma verdadeira muralha, junto com uma boa linha de zagueiros e dois bons laterais, que além de marcarem e servirem seus companheiros da linha de frente, fizeram muitos gols de cabeça.

O meio-de-campo é o lugar dos craques, já dizia Samuel Rosa, da banda mineira Skank. Deco, mesmo lesionado, foi muito importante. Thiago Neves manteve a regularidade de seu bom futebol capaz de acertar cruzamentos, chutes e faltas certeiras. Edinho, Diguinho e Valencia são os volantes que completam o meio com eficiência.

Na frente, um dos melhores centroavantes do país e um verdadeiro líder da equipe, o experiente Fred ainda sabe fazer gols. Rafael Sóbis, Wellington Nem e Samuel entraram bem em vários jogos ajudando sua equipe.

Futebol é competência e um pouco de sorte, e as duas virtudes sobraram ao time tetracampeão nacional.