Namoro Virtual – Dicas para Não Correr Riscos

Namoro Virtual

Namoro Virtual

Através da internet, pode-se iniciar uma conversa que rapidamente pode se transformar em namoro virtual, romance físico e até casamento.

Essa é uma prática que cresce a cada dia e muitas vezes, é praticada de forma exagerada, levando uma pessoa a cometer vários erros que podem prejudicar tanto a ela mesma como também alguém próximo.

Não é que um computador conectado à internet seja um grande perigo. As pessoas que o tornam perigoso para si e para outras pessoas. Por exemplo:

1 – Muitos usuários da internet agem de forma enganosa, ocultando da outra pessoa que está conectada do outro lado, quanto ao que eles realmente são e principalmente, quanto ao que eles querem ou procuram.

2 – Quando o assunto é sexo, romance ou algo do gênero, essas mentiras aumentam ainda mais, principalmente pelo fato de quê a pessoa carente de envolvimento amoroso se torna ainda mais vulnerável.

Ladrões de inocência

Inicialmente, a preocupação era mesmo com a possibilidade da pedofilia, quando muitas crianças inexperientes se tornavam e se tornam alvos de pedófilos que usam o seu computador conectado à internet para facilmente seduzir uma criança se passando por alguém que não é. Agora, os adultos também se tornaram uma presa fácil, a partir do momento que se envolverem com alguém pela internet sem que tenha ao menos um pouco de experiência para saber lidar com certos assuntos. Um dos assuntos que mais fazem vítimas na internet é os que envolvem algum tipo de romance.

De acordo com um estudo “1 a cada 5 crianças recebem convites pela internet para praticar atos sexuais”. O mesmo convite é feito também, segundo uma jornal, para “1 a cada 33 jovens”. Não se sabe ao certo devido a omissão de alguns fatos, mas, é certo que esse convite tentador também é dirigido a uma imensidão de adultos todos os dias através de uma conversa virtual.

Muitas pessoas se decepcionam ao descobrir que aquele homem tão inteligente, gentil, de boa conversa era um bandido perigoso ou algum ladrão de senha ou de identidade. Geralmente, esses espertalhões preparam a sua possível vítima. Têm um bom vocabulário e parecem ser a pessoa que você procura, já que elas te entendem bem e sempre falam coisas que você gosta de ouvir ou que servem para resolver algum probleminha seu. Para piorar o que já pode ser ruim, eles, após conquistar sua total confiança, começam a querer um encontro para se conhecerem pessoalmente. Já houve muitas conseqüências graves em todo o mundo resultantes desses encontros que vão desde roubos, estupros, sequestros até assassinatos.

É possível que você perceba algo de errado que o identifique como sendo um vilão quando você conversa pessoalmente com alguém. Porém, essa possibilidade diminui muito quando a conversa é através da internet.

As pessoas, através de conversas pelo computador, podem mentir quanto ao estado civil, idade, profissão, situação criminal, sobre algum tipo de doença ou deficiência física qualquer, visão religiosa, podem dizer que são empresários no ramo de um seguimento qualquer só para te fazer se interessar pelo que ele pode te oferecer, dizer que são do sexo oposto dentre tantas outras coisas.

Vejamos algumas providências que podem ajudar a nos livrarmos desses bandidos virtuais:

  • Devemos sempre ouvir o relato de pessoas que foram iludidas por namoros online e as conseqüências sofridas;
  • Não aceite essa de que é normal mentir um pouco quando se está iniciando um romance. Os frutos de uma mentira são a dor e o sofrimento para a pessoa que leva a pior e, o que começa errado tem maior possibilidade de terminar errado;
  • Se tiver criança na sua casa que acesse a internet, faça com que ela crie o hábito de recorrer aos pais ou alguém na família para ver alguém que iniciou uma amizade com ela e sobre o quê eles conversaram ou conversam;
  • Tente buscar forças para sempre optar pelo que é real e isolando aqueles que querem te namorar virtualmente. Por mais que um namoro virtual seja interessante ou excitante, ele é melhor e nem seguro como um namoro de frente a frente com alguém que você já conhece e se relaciona pessoalmente há algum tempo;
  • procure usar a internet de forma equilibrada, para fazer compras, trabalhar, enviar e-mails, jogar e tantas outras coisas, mas não esqueça de que nada disso se compara ao contato pessoal, olhando olho no olho.

Procure não se dar por inexperiente acreditando em cada palavra que escute. Seja prudente e precavido ao praticar qualquer ação e lembre-se que existem muitas pessoas interessantes próximas de você esperando uma chance para se relacionar contigo e iniciando uma amizade ou relação amorosa sadia.