Mudança de Casa e Decoração

Sair da casa dos pais é um marco na vida de todos nós. Mais espaço, liberdade e responsabilidade. Muitas responsabilidades!

Para morar sozinho ou para iniciar a vida a dois, o primeiro passo é encontrar a casa ideal, aquela que tenha a sua cara, que pareça ter sido feita exclusivamente para você.

Após encontrar a casa, é só organizar a mudança e mudar, certo? Errado. Muita gente acha que uma TV, um frigobar e um microondas são suficientes para habitar o novo lar. Afinal, a gente não precisa de muita coisa, não é mesmo? Outro engano.

A menos que você queira viver em situação precária por um longo tempo, é essencial que, antes mesmo da mudança, você faça um planejamento detalhado de tudo o que vai precisar para a casa nova. Pesquise e compare preços. Faça compras inteligentes, dando certa flexibilidade às prioridades para aproveitar as promoções.

Pequenas coisas fazem sim a diferença quando estamos sozinhos e dependemos única e exclusivamente de nós mesmos. Desde comprar o papel higiênico até tirar umas horas de folga para aguardar a instalação dos armários, a entrega do sofá ou os funcionários da TV a cabo: tudo isso fica mais fácil quando planejado.

A primeira coisa é estabelecer prioridades. Sim, você deve escolher entre ter aquela poltrona super fofa e meramente decorativa, ou ter um fogão decente. Aliás, as coisas de cozinha são prioridade zero para quem está chegando ao novo lar. Fogão, geladeira, panelas, talheres, pratos, copos e tudo isso que, na casa dos pais, a gente nem lembra que existe.

A cama também deve chegar junto com você na casa nova. Noites mal dormidas em colchonetes acabam com o bom humor e com as costas de qualquer um.

Se a casa não tiver armários, providencie-os o quanto antes. Roupas e utensílios domésticos dentro do armário dão um aspecto de organização em qualquer ambiente.

A TV e o som são fundamentais e podem ser colocados até sobre banquinhos enquanto você não compra a estante dos seus sonhos.

Depois do básico, comece a pensar na decoração. Ande por todos os cantos da cidade – e até em outras cidades, por que não procurando os objetos que você quer dentro da sua casa. Escolha cores e móveis que tenham a ver com o seu estilo. Não se esqueça dos quadros e álbuns de fotografia que deixam qualquer ambiente mais estiloso e alegre.

Depois, aos pouquinhos, seu cantinho vai ganhando a sua cara e ficando cada vez mais o seu lar doce lar.