Mercado Eletrônico em Ótima Fase

Crescimento do Mercado Eletrônico

Crescimento do Mercado Eletrônico

O comércio eletrônico fechou em alta neste terceiro trimestre de 2010 e está atraindo mais grupos estrangeiros para o setor. Um exemplo disso foi a entrada do Tiger Global (Fundo de investimento) no capital da Netshoes. Entrando junto a uma empresa que hoje é uma das maiores lojas virtuais de produtos esportivos, miram-se futuros eventos importantes como a Copa do mundo e as Olimpíadas. Essa atual fase está sendo marcada pelas grandes fusões e aquisições no ramo varejista, assim como aconteceu no caso envolvendo as Casas Bahia e o grupo Pão de Açúcar.

A Tiger Global possui focal especial em empresas de internet, e por isso está sempre se agrupando a novos projetos. Recentemente especulou-se até que ela poderia aderir a uma empresa que vem crescendo no ramo de produtos eróticos e que atua também como uma sex shop online. Essa empresa a qual o nome não foi revelado utiliza grande tecnologia para fabricar os próprios produtos que são comercializados. Por enquanto não existe nenhuma notícia concreta do negócio, e tudo não passa ainda de mera especulação.

Nesse concorrido mercado outras empresas também estão se movimentando para aproveitar a boa fase da maneira mais produtiva e lucrativa. Outra rede de artigos esportivos, a Centauro, também vem buscando melhorar seus resultados e contratou um novo executivo para o comercio eletrônico.

Uma marca impressionante que merece registro é a do MercadoLivre.com que continua crescendo no ramo e líder na América Latina em comercio eletrônico. A empresa de tecnologia registrou crescimento de 90,7% de seu lucro líquido neste ultimo trimestre de 2010 em relação ao mesmo período de 2009. Esses números podem ser explicados pelo grande crescimento também do seu número de usuários. Hoje eles possuem uma marca com mais de 50 milhões de cadastrados espalhados pelos 13 países em que atua. Os países são: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Dinamarca, Equador, México, Panamá, Portugal, Peru, República Dominicana e Venezuela.

A concorrência aumenta e traz um mercado melhor e mais produtivo. Esses dados estão sendo determinantes para os resultados obtidos até aqui neste ano de 2010. Agora resta saber se esse crescimento se manterá constante em 2011.