Melhore a Qualidade do Ar em sua Casa Através das Plantas

Melhorar a Qualidade do Ar com Plantas

Melhorar a Qualidade do Ar com Plantas

Quem não quer manter a boa saúde sem fazer grande esforço? Pois é. Através da colocaçao de algumas plantas no seu espaço, você poderá manter o ar sem poluentes e livre de substâncias tóxicas.

Quem nos revela isso? A NASA.

O que uma aeronave tem em comum com o ambiente de uma casa? É um espaço fechado, exatamente como uma casa e no qual, existe facilidade em acumular substâncias tóxicas que são exaladas por diversos tipos de produtos de uso doméstico.

Nesses ambientes fechados pode haver concentraçao de uma infinidade de produtos e que, podem ser a causa de inúmeras alergias e problemas de saúde.

Durante as missoes SKYLAB mais de 100 substâncias foram detectadas dentro das naves espaciais. Isso levou a EPA (Environmental Protection Agency- Agencia de Protecao Ambiental) a visitar hospitais e creches, entre outros ambientes, fazendo com que detectassem mais de 900 substancias diferentes transportadas pelo ar.

A substância prevalescente foi o formaldeído (formol), altamente cancerígeno. Exalado de móveis e outros. Também foi detectado o benzeno, clorofórmio, amoníaco etc…

A solução foi encontrada na própria natureza. Os pesquisadores encontraram em algumas plantas de facil cultivo e que precisam de pouca luz,  que servem como filtros naturais neutralizando o efeito de muitas substâncias.

Dentre elas a dracena, a samambaia e a babosa. Mas, as mais eficientes são a palmeira areca e  a ráfis, que sao de baixo custo e muito conhecidas.

Embora elas se destaquem, o engenheiro ambiental norte- americano, Bill Wolverton – quem primeiramente, detectou as substâncias nas aeronaves -, diz que todas as plantas são capazes de remover substâncias do ar.

O formaldeído, p.ex., é metabolizado pela planta transformando-o em acúcares que alimentarão os micróbios: qdo as plantas transpiram água pelas folhas, absorvem o oxigênio q vão para as raízes alimentar os micróbios que absorverão as substâncias contidas no ar e que lhes servirão de alimento e energia.

Ele orienta que as plantas com maior poder de absorção são as cultivadas em água (hidropônicas). São mais eficientes na redução do transporte de fungos e bactérias que as que são cultivadas na terra.

O ideal é uma planta a cada 9m2, se for hidropônica e duas no mesmo espaço, se for cultivada na terra. (Não se esqueça de que não poderá deixar a água exposta para não criar um segundo problema: um criadouro do mosquito  da dengue!)

Além das anteriormente mencionadas temos a hera, o filodendro, espada-de-sao-jorge e o lírio-da-paz. Cada uma delas com a capacidade de absorver determinadas substâncias.

Bom, agora não há justificativas para não termos um ambiente saudável em nossas casas. Vamos lá, fazer uma pesquisa de mercado e ver as mais adequadas para nosso ambiente, dentro de nossas possibilidades.

Afinal, quem nunca teve um vaso de comigo-ninguém-pode, ou espada-de-sao-jorge em casa?