Medidas de Segurança na Piscina

A piscina garante diversão para a família e amigos, mas é preciso ter atenção e seguir algumas medidas, principalmente quando tem crianças no meio da diversão. As medidas vão desde a instalação de telas de proteção para evitar acidentes sérios quando ela não estiver sendo usada ao manuseio dos produtos para fazer a limpeza. Conheça algumas delas e sua importância para que o lazer não se torne uma grande dor de cabeça.

Instalação de telas de proteção

Quem tem uma piscina em casa deve instalar as telas de proteção, mesmo que não tenha crianças ou animais de estimação. As telas de proteção previnem acidentes graves e não custam caro. Elas podem suportar pesos de até 500 quilos e o material é resistente a água e ao cloro. Sua instalação é simples e os ganchos de sustentação permitem que elas possam ser retiradas com for tomar banho e recolocadas assim que a piscina deixar de ser usada. No caso das piscinas em condomínios, o ideal é solicitar ao síndico a instalação das telas e uma pessoa responsável pela manutenção.

Telas de Proteção

Na hora de usar a piscina

É importante que as crianças sejam supervisionadas por um adulto quando estiverem usando a piscina. Isso em qualquer tipo de piscina e não somente nas grandes, pois acidentes podem acontecer mesmo em piscinas de baixa profundidade. Converse com os pequenos para que brinquem sozinhas e se possível coloque-os na natação para aprenderem a como brincar sem riscos. Além disso, coletes e ombreiras infláveis são boas opções para evitar acidentes na piscina.

Rádios, TVs, computadores e outros equipamentos eletrônicos devem estar sempre longe do contato com a água. Os pisos ao redor são escorregadios e por isso não é recomendado correr na beira da piscina e ter cuidado ao entrar ou sair. Use sempre as escadinhas quando disponíveis. Preste atenção antes de mergulhar, respeitando sempre suas limitações. Nade sempre na profundidade que se sente seguro e evite brincadeiras violentas.

Cuidados com equipamentos e produtos

Para evitar acidentes sérios, que podem colocar a vida em riscos, tenha cuidado com os produtos usados na limpeza da piscina. O primeiro passo está na escolha destes produtos, que devem ser adequados para o tipo de piscina que se tem em casa. Para isso, leia atentamente o rótulo e conheça quais os seus agentes, instruções de uso e recomendações. Eles não devem ser nunca misturados, mesmo que possuam uma fórmula semelhante, a mistura e o manuseio errado pode comprometer a saúde dos banhistas ou mesmo danificar dosadores, tubos, bomba e outros componentes. Esses produtos devem estar longe do alcance das crianças e possível, trancados dentro da casa de máquina.

Os mecanismos para a aspiração de água e filtração devem estar sempre protegidos por uma grelha que evita a sucção de objetos e partes do corpo. É necessário verificar com frequência se estão bem fixados, evitando este tipo de acidentes. Se a piscina for construída em uma estrutura suspensa, deve – se construir também uma estrutura gradeada ou de rede para evitar quedas ao sair da piscina. Lembre-se que as regras não aplicam-se só as crianças e também aos adultos.