Maltodextrina e Seus Riscos para a Saúde

Maltodextrina

Maltodextrina

A maltodextrina é um carboidrato complexo muito utilizada por praticantes de atividade física por fornecer energia rápida para o corpo e participar da construção da massa muscular. A maltodextrina também é de fácil digestão pelo organismo, especialmente se comparada a outros açúcares e carboidratos. O aumento do índice glicêmico que a maltodextrina gera colabora para a absorção de outros nutrientes pelos músculos, e por isso muitas vezes ela é consumida juntamente com outros suplementos, como whey protein, aminoácidos, creatina, etc. Apesar de tida como segura, pode haver alguns riscos associados ao consumo da maltodextrina. Saiba mais neste artigo.

Estrutura de maltodextrina

A maltodextrina basicamente pode ser definida como um polímero de glicose. Estas moléculas poliméricas são processadas de forma muito rápida pelo organismo humano , contribuindo, nos indivíduos saudáveis, para um aumento exponencial de insulina (pico de insulina) na corrente sanguínea, o que gera energia para o corpo. Por este efeito, a maltodextrina é bastante utilizada por praticantes de atividade física que precisam repor suas energias rapidamente. A maltodextrina está bastante presentes em bebidas energéticas, isotônicos e bebidas esportivas, achocolatados, sucos instantâneos, dentre outros alimentos.

Processo de fabricação

A indústria hoje pode usar praticamente qualquer tipo de amido para fabricar maltodextrina. No Brasil, os fabricantes utilizam principalmente o milho. Já na Europa, os fabricantes usam principalmente o trigo. O termo maltodextrina se aplica a qualquer produto da hidrólise de amido e, por esta razão, a maltodextrina se refere mais a uma família de produtos do que a um produto específico. A maltodextrina derivada do trigo pode acarretar problemas de saúde para indivíduos com doença celíaca por causa do glúten, encontrado nos produtos derivados do trigo. No entanto, na maioria dos casos, o processo de produção de maltodextrina remove completamente a proteína do trigo, resultando num produto sem glúten.

Maltodextrina, vitaminas e minerais

Maltodextrina não é um carboidrato completo e, por conseguinte, não proporciona os mesmos benefícios de um alimento rico em carboidratos completos e integrais. Carboidratos completos naturais contêm vitaminas e minerais que ajudam seu corpo a usar o carboidrato como energia. A maltodextrina, no entanto, não contém quantidade significativa de nutrientes, tanto vitaminas quanto minerais. Tendo em vista que a maltodextrina é uma molécula muito grande, seu corpo vai utilizar o seu próprio estoque de vitaminas e minerais para assimila-la, e esta ação do metabolismo pode retirar uma pequena quantidade de nutrientes vitamínicos e minerais do corpo.

Riscos para a saúde

O consumo de maltodextrina tem efeitos secundários e riscos para a saúde semelhantes ao da maioria dos aditivos alimentares. Estes efeitos secundários incluem reações alérgicas, ganho de peso, inchaço e flatulência. Reações alérgicas específicas associadas com o uso de maltodextrina, apesar de difíceis de ocorrer, podem incluir erupção cutânea, asma, coceira e dificuldade para respirar. Se você sentir qualquer reação alérgica ou outro efeito colateral depois de consumir maltodextrina, você deve interromper o uso e consultar um profissional médico. É sempre importante obter informações sobre suplementos alimentares antes de usá-los.