Mais do que as Roupas – Um Ambiente Bonito

O vendedor que está ligado nos conhecimentos sobre comportamento do consumidor sabe que o ambiente de uma loja interfere na compra, positiva ou negativamente. Sabe que a iluminação, a temperatura, a ventilação e até o barulho interno têm grande influência sobre quem está comprando. E você? Também sabe?

Ter uma loja de comércio de roupas no atacado não é tarefa simples: o controle de estoque, a organização da loja o controle de entrada e saída, fluxo de caixa, segurança interna… tudo isso precisa ser controlado de perto o tempo todo. Mas são tantos detalhes que fica fácil se distrair de um ponto muito importante: o conforto geral do seu cliente. O pensamento é simples: você gosta de ficar em lugares onde não se sente bem? Lugares onde sua maior vontade é sair rapidinho de lá? Pois é, seu cliente também não.

Tem olhos mas não enxerga

Loja com luz branca

Uma das coisas mais importantes a verificar no ambiente da loja é a iluminação. Afinal, quando se trata de roupas no atacado, a aparência vai ter o maior peso a ser avaliado por seus clientes, não é? Então providencie uma iluminação adequada. Como lojas deste tipo costumam ter grandes dimensões, o número de lâmpadas precisa ser maior, mesmo que você escolha as de luminosidade mais forte. Outra coisa: atenção com a cor da parede. Dê sempre preferência para o branco porque, além de clarear mais o ambiente, não mascarará a cor dos tecidos (por exemplo, uma roupa azulada pode parecer esverdeada se ficar próxima a uma parede amarela). Deixe as paredes decoradas para as lojas varejistas.

Com o piso o cuidado é o mesmo: evite os de cor escura porque, além de escurecerem o lugar, ainda dão aspecto de piso sujo – e isso vai pegar mal é pra você.

Tem ouvidos mas quase não ouve

Musica ambienteSabia que música ambiente ajuda nas compras se for bem escolhida? Estudos demonstram que os clientes tendem a ficar mais tempo dentro da loja quando a música ambiente é lenta – e ficam menos tempo quando a música é mais rápida. Use isso a seu favor! Você pode inclusive tematizar as músicas da loja de acordo com a época do ano (carnaval, natal, festa junina…). Ela pode até incentivar seus clientes a escolherem mais peças, já que a música sempre altera o estado de espírito dos ouvintes. Boa dica, hein?

Numa loja de roupas no atacado, há sempre muitas araras e prateleiras então é quase impossível que você tenha problemas de acústica nela, ou seja, ecos pra todo lado. Mas caso a percepção sonora lá dentro esteja ruim, às vezes alterar um pouco as araras de lugar já ajuda. Caso hajam janelas em sua loja, colocar cortinas, mesmo daquelas finas, também deixam a acústica mais agradável.

Tem nariz mas, puxa, preferia não ter…

Isso é importante: seja muito crítico ao avaliar a ventilação da sua loja. Lojas como a sua estão sempre movimentadas, cheias de clientes. Imagine entrar nela e sentir aquele ar parado, com cheiro de suor – e pior, com cheiro de “cecê”? Lógico, quando estamos perto da pessoa, é impossível não sentir, mas já viu lojas que ficam empesteadas pelo “aroma” mesmo depois que ela foi embora? Pois é, isso significa ventilação ruim. Não faça isso com seus clientes! Se seu estabelecimento não tiver janelas em número suficiente, providencie ventiladores estrategicamente posicionados e em número suficiente, que movimentem o ar em direção à porta.

E agora , uma última dica; na verdade, é a sugestão de um mimo: reserve um lugar onde seus clientes possam se sentar, descansar e tomar uma água. Quem frequenta lojas como a sua normalmente passa muito tempo dentro dela e é provável que tenha passado por outras (ou ainda vá a outras depois da sua). Torne a sua inesquecível pelo cuidado com eles e é certo que voltarão.

Anotou? Então mãos à obra!