Logística Reversas nos Correios

Logística Reversas nos Correios

Logística Reversas nos Correios

Antigamente para comprar determinado produto a única forma de se fazer isto era indo as lojas e comprá-lo. Hoje já não é bem assim, para comprar qualquer produto que seja, é possível fazer isso sem sair de casa, são as compras online que vem ganhando cada vez mais espaço no mercado, mudando o hábito da sociedade. O consumidor compra o produto de acordo com que lhe convém, numa infinidade de lojas virtuais existentes e ao finalizar sua compra receberá o produto em sua casa. É a partir desse momento que entra em cena a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafo (ECT).

Os Correios são responsáveis por transportar a mercadoria comprada via loja virtual até a residência do comprador (fluxo tradicional) ou fazer o retorno deste da residência do comprador à empresa, caso apresente algum problema, processo denominado de Logística Reversa de Pós-Venda. Sendo para este sentido que direcionamos nossa pesquisa, que objetiva fazer um estudo da prestação de serviço de Logística Reversa dos Correios para as empresas, mostrando como ocorre o seu processo e quais as barreiras que eles encontram para a prestação deste serviço.

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafo é a única empresa pública do Brasil que presta este tipo de serviço, e além do mais, está presente em todos os municípios brasileiros o que facilita mais o seu trabalho. Desde 2008 quando iniciou a Logística Reversa a demanda de transporte de diversos produtos só tem aumentado. Segundo o site Global Online, 60% das compras feitas pela internet são entregue pelos Correios. A utilização da Logística Reversa é um diferencial para os Correios, e para as empresas é a certeza da preocupação com o Pós-Venda, pois um serviço prestado com qualidade e eficiência é sinal de bons retornos econômicos e sociais para as empresa, assim como, para os Correios.

As empresas têm dificuldades em utilizar a Logística porque é necessário um sistema de informatização para integrar a Logística Reversa com o fluxo de distribuição, além de existir a dificuldade de fazer um controle da quantidade de impactos causados de matérias e produtos que retornam para empresa; e também pelo fato de alguns casos a Logística Reversa proporcionar custos e não receitas (QUINN, 2001 apud BRAGA JUNIOR; COSTA e MERLO, 2006). É devido a isso que muitas procuram a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafo para prestar esse serviço.

Em um mercado altamente competitivo e uma sociedade cada vez mais exigente, fazer o acompanhamento da venda representa um diferencial e sinal de um bom negócio para as empresas, pois liga a sua imagem a questões socioambientais, fator importante para fidelizar o cliente. É neste sentido que a Logística Reversa vem se apresentando como uma grande oportunidade para as empresas se firmarem cada vez mais no mercado e com a atuação dos Correios estas oportunidades se tornam ainda maiores.