Leishmaniose Canina

Leishmaniose Canina

Leishmaniose Canina

A Leishmaniose canina é transmitida aos cães através da picada de flebótomos infectados, erradamente chamados de mosquitos. Estes insectos encontram-se amplamente dissemados e podem ser localizados em diversos habitats do sul da Europa. 

Se o seu cão estiver infectado com o parasita, os sintomas podem não ser detectados de imediato. Mantenha-se atento a sinais como febre, perda de pêlo (principalmente na zona dos olhos), perda de peso, feridas na pele e problemas nas unhas. Os orgãos internos são também afectados, o que pode conduzir ao aparecimento de anemia, artrite e insuficiência rebal grave. A leishmaniose canina frequentemente mortal e embora o tratamento permita controlar os sintomas, não tem cura a doença.

A infecção é transmitida de cão para cão através da picada do insecto e apesar da existência de repelentes, sprays, spot-on e coleiras, a leishmaniose canina continua a representar uma séria ameaça na Europa. É extremamente importante estar alerta ao seu cão, e consultar o seu veternário para efectuar a vacinação contra esta terrível doença.