Laços Eternos (Zibia Gasparetto)

Romance mediúnico psicografado por Zibia Gaspareto e ditado pelo espírito Lucius, conta a história de Nina, uma garota que, aos doze anos, morreu de tuberculose. Levada ao plano espiritual sentia falta dos familiares deixados na terra e relutava em aceitar o seu desencarne. Para ajudá-la nesse momento difícil, os amigos espirituais que sempre a acompanharam, conseguiram autorização dos espíritos superiores, para, em uma viagem astral, através do tempo e do espaço, mostrar-lhe momentos de uma de suas vidas passadas.

Laços Eternos - Zibia Gasparetto

Laços Eternos - Zibia Gasparetto

Seguindo seu protetor, viu-se em uma sala ricamente adornada, com belas tapeçarias e antigos móveis pintados a ouro e reconheceu-se em uma bela moça de cabelos longos, olhos negros e pele alva, com aproximadamente quinze anos de idade. Chamava-se Geneviève e seria apresentada à corte nas próximas semanas, o que a fazia sentir-se ansiosa e apreensiva, pois dali em diante, deveria estar pronta para ser cortejada pelos mais belos nobres.

Não tardou a ser cortejada e aceitar, com o consentimento dos pais, o pedido de noivado e posterior casamento do cavaleiro francês, Gerard. Casaram-se em rica cerimônia, eram felizes e logo tiveram seu primeiro filho. Um acontecimento triste e inesperado marcou a vida da moça, a tentativa do assassinato de sua mãe, a condessa, por uma mulher que fugira sem ser identificada. Perguntando aqui e ali, descobriu por intermédio de uma das empregadas da casa, que o motivo da tentativa fora, a vingança da baronesa Livia, enciumada por ter descoberto a condição de amantes entre a mãe de Geneviève e o barão, marido da quase assassina.

A condessa, logo recuperada, tramou para que seu marido providenciasse a prisão de Livia em uma pena perpétua. A partir desses fatos as forças do mal se introduzem definitivamente na história daquela família, fazendo com que o marido de Geneviève, Gerard, se apaixonasse pela sogra.. O pai de Geneviève descobre o sórdido romance dos amantes e prepara uma cilada para Gerard que termina sendo assassinado friamente. O rapaz desperta, no astral, não como Gerard, mas sim como Gustavo, tendo em sua lembrança sua penúltima encarnação em vez da última. Nina, viu pela tela do passado, todas as leviandades que cometera, tramando a morte de Livia a quem atribuía a morte de seu marido,por causa das armações urdidas pelo barão, seu pai, para se vingar do genro e de Livia, mas com a morte desta, o marido dela supôs que a assassina fosse a condessa e também planejou a sua morte.

Geneviève, por sua vez, criou seus filhos e durante esse período apaixonou-se novamente e com seu novo marido teve mais uma filha, que era a reencarnação de Livia e que lhe deu muito desgosto, fazendo-a sofrer muito. Mesmo assim ela nunca deixou de amá-la, por um instante sequer. O amor une e o ódio também, esse romance mostra que as ligações de ódio, são passageiras, mas as do amor são eternas,e a vida usa a reencarnação para aproximar as pessoas.