Katipsoi Zunontee e a Missão de Salvar o Mundo

Katipsoi Zunontee é um guerreiro Maia, o mesmo povo que previu o fim do mundo no ano de 2012. E, por ironia do destino, esse guerreiro será o responsável de salvar a humanidade de uma grande catástrofe.

Os Maias

Os Maias

Segundo a lenda, em 2012 grandes catástrofes iriam acontecer na terra, vários estudiosos e paranormais pregam isso por aí já faz algum tempo. A história veio a tona quanto um grupo de escavadores encontraram na América do Sul um livro milenar que falava sobre a vitória de um guerreiro chamado Katipsoi Zunontee

Ele vem de linhagem nobre e dizem que é imortal. Foi treinado desde criança para enfrentar os piores inimigos e adversidades. Já passou por situações que um mortal não agüentaria e isso fez com que seu povo acreditasse fielmente no que dizem as escrituras.

Segundo a lenda, muitos desses inimigos que Katipsoi enfrentaria seriam parecidos com humanos. Outros, nem tanto. E isso explica seus desentendimentos com vilões com o decorrer dos anos, nada demais, apenas alguns desentendimentos catastróficos, pessoas como Vingador, Darth Vader, Majin Boo, Rita Repulsa (odiava voz dessa mulher), Shang Tsung, Hades e a mais recente delas: Chuck Norris.

Esse último confronto aconteceu no dia 13 de janeiro. A primeira sexta-feria 13 de 2012. E depois desse dia muitos passaram a ouvir barulhos estranhos no céu. Como se fossem jatos ultrasônicos rasgando a atmosfera. Há versões que afirmam que esses barulhos são Katipsoi Zunontee treinando corridas. Dizem que sua velocidade é semelhante à velocidade da luz. Outros dizem que ele está apenas brincando de pega-pega. E, há ainda quem diga que são extraterrestres querendo descobrir o segredo de tanta força.

O fato é que o nobre Katipsoi não está nem aí para essa missão. Ele sequer acredita ser o salvador da humanidade. O que ele quer mesmo é deixar de ser incomodado por esses vilões chatos de filmes e histórias em quadrinhos e curtir sua boa cervejinha, de frente pro mar  e de costas pro bar. Cabra bom esse, não?