Internet, uma Vitrine de Opções

O mundo após o boom da Web 2.0 em 2005, fez com que as empresas varejistas entrassem de vez na internet e utilizarem os e-commerces, redes sociais e todas as ferramentas que a web possibilita.

Mercado varejista e Compras online

Não por acaso, hoje é possível você ter floricultura, livraria, locadora, farmácia, loja de roupa, lavanderia, consultoria, etc. Tudo na web, a um click de distância. Praticidade e mobilidade são as duas palavras chaves para um bom negócio na web.

Mas se por um lado trouxe praticidade e mobilidade, por outro lado também trouxe outras responsabilidade para as empresas, já que para conseguirem um bom atendimento online é necessário tomar alguns cuidados básicos:

  • Manter produtos em estoque
  • Cumprir com as normas regulamentadoras
  • Se estipulado um prazo X, cumprir com este prazo
  • Ter um atendimento ao cliente 24h ou pelo menos que seja rápido em suas respostas
  • Ter uma equipe especializada para suprir as crises nas redes sociais

Da mesma forma que as empresas ganharam as vantagens já citadas acima, os consumidores também ganharam maior força com as redes sociais. Então, caso haja algum problema em compra, não adiantará enviar flores como desculpas para o cliente, será necessário conversar e resolver o problema dele da forma mais rápida possível, caso contrário, prepare-se para ser #xingadomuitonotwitter .