Infertilidade Masculina e Hipogonadismo

infertilidade masculina é uma doença do sistema reprodutor que tem três tipos de causas:
1 – Causas pré-testiculares: Distúrbios endócrinos hipotalâmicos, que em que falha na secreção da hormona gonadotrófica leva à insuficiência testicular (panhipoparatiroidismo, deficiência de gonadotrofinas, tumores na pituitária); distúrbios da tiróide (hiper ou hipotiroidismo); distúrbios supra-renais (insuficiência); fármacos (androgénios).
2 – Causas testiculares: Varicocelo, traumatismo, infecção, drogas e toxinas, anomalias cromossómicas (síndrome de Klinefelter), anomalias de crescimento (aplasia das células de Leydig).
3 – Causas pós testiculares: Obstrução ductular, ejaculação retrógrada, anticorpos contra os espermatozóides, insensibilidade a androgénios (devido a danos nervosos, anti-depressivos, anti-hipertensores, álcool, cocaína), impotência.
brasil.babycenter.com
O espermograma analisa a contagem, a mobilidade, a vitalidade e a morfologia dos espermatozóides. As situações particulares que existem no espermograma são:
– Oligozoospermia – menos de 20×10000000 esp./mL
– Teratozoospermia – menos de 30% de formas normais
– Azoospermia – ausência de espermatozóides
– Aspernia – ausência de ejaculação
sonhosprarealizar.blogspot.com
No hipogonadismo há uma diminuição da função normal dos testículos (no caso masculino). A sua causa principal são as mutações no receptor do GnRH, hormona libertadora das gonadotrofinas – genes KAL, DAX1, GnHRH, PC1. Manifesta-se por diminuição dos pelos do corpo, ginecomastia, proporções eunocóides (ombros estreitos, fraco desenvolvimento muscular).

O tratamento faz-se com a toma de gonadotrofina coriónica ou HGC + FSH (hormona folículo estimulante). Também se faz uma terapia pulsátil com GnRH.
A diminuição da testosterona pode ser devida a quatro factores: tumor no hipotálamo, tumor do hipófise, tumor testicular, ou por diminuição da SHBG (globulina ligadora das hormonas sexuais).