Infertilidade Feminina: Conheça As Principais Causas

Principais causas da infertilidade feminina

Principais causas da infertilidade feminina

Sabemos que o sonho de quase toda mulher que deseja um dia construir uma família é ser mãe. Mas infelizmente às vezes a infertilidade impede a mulher de realizar esse sonho maravilhoso. Segundo especialistas, a infertilidade é definida como a incapacidade que a mulher em idade reprodutiva tem de gerar um filho, depois de um ano ou mais de relação sexual regular, desprotegida.

Principais causas da infertilidade feminina

Sabe-se que a infertilidade feminina pode ocorrer devido a fatores combinados ou desconhecidos. São vários os fatores que podem afetar a fertilidade da mulher, como os fatores ambientais, condições genéticas ou problemas de saúde. Entre esses fatores, destacamos:

1 – Problemas com ovulação

Sem dúvida, as principais causas de infertilidade feminina estão relacionadas a problemas com ovulação, que afetam 1 em cada 15 mulheres no mundo. Falhas na produção hormonal, problemas no ciclo menstrual ou nos próprios ovários, podem provocar essa disfunção ovulatória.

2 – Idade

O fator idade é um dos que mais influencia a fertilidade. A mulher já nasce com todos os óvulos que irá liberar durante a sua vida fértil, e, infelizmente, com o tempo os óvulos e os próprios ovários envelhecem. Sabe-se que a capacidade que o ovário tem de produzir óvulo cai após os 30 anos de idade, e aos 40 anos poucos óvulos podem se desenvolver, pois nessa fase da vida a mulher está começando a preparar o seu corpo para a menopausa.

3 – Estresse

Embora a ciência ainda busque elementos que comprovem a relação entre estresse e infertilidade, estudos revelam que mulheres com alto nível de depressão e estresse têm de fato baixos níveis de fertilidade. O estresse libera hormônios para a corrente sanguínea, o que acaba interferindo diretamente na ovulação, dificultando assim a fertilidade.

4 – Fumo

Já está comprovado que o hábito de fumar está relacionado à diminuição da fertilidade feminina. Existem centenas de substâncias nocivas no cigarro que diminuem a oferta de oxigênio nos tecidos, inclusive dos ovários, comprometendo assim a qualidade dos óvulos. E segundo especialistas, o cigarro tem o poder de retardar a gestação, aumentar as desordens menstruais, além de antecipar a chegada da menopausa.

5 – Álcool

O álcool pode causar uma alteração no funcionamento normal do sistema regulador cerebral que é responsável pela produção hormonal feminina, o que provoca diminuição da menstruação, aumento do hormônio prolactina ( responsável, entre outras, pela produção de leite ), falha na ovulação e defeito de fase lútea ( pós-ovulação ) e, como conseqüência, a infertilidade.

6 – Excesso de peso

Alguns dos problemas desencadeados pela obesidade fazem com que muitas mulheres enfrentem dificuldades para engravidar. Além de doenças cardiovasculares, hipertensão arterial e diabetes, a obesidade tem um efeito substancial na manifestação da síndrome de ovário policístico.

7 – Medicações

O uso de certos medicamentos prescritos para tratar algumas doenças – como os antidepressivos e anti-inflamatórios – podem ser uma das causas dos problemas de fertilidade.

Como dito, estes são apenas alguns fatores que podem afetar a fertilidade feminina; mas felizmente, na maioria dos casos, a infertilidade feminina pode ser revertida com tratamento adequado e orientações e aconselhamentos médicos.