Implementação de GRC – Você Deve Utilizar Pessoal Interno ou Um Consultor Externo?

A implementação de um sistema de Gerenciamento do Relacionamento com Clientes é um passo extremamente importante para qualquer empresa. Quando uma empresa compra software de Gerenciamento do Relacionamento com Clientes, certamente fá-lo com o objetivo de longo prazo em mente de que as ferramentas de Gerenciamento do Relacionamento com Clientes irão ajudar a fornecer um melhor serviço aos seus clientes e melhorar o gerenciamento de informações sobre clientes potenciais. No entanto, o maior obstáculo enfrentado é na fase de implementação. Uma implementação adequada significa que o sistema de Gerenciamento do Relacionamento com Clientes funcionará como planejado, ao passo que uma implementação incorreta significa que todo o programa será comprometido.

A questão discutível que cada empresa enfrenta é se deve utilizar sua própria força de trabalho para lidar com a implementação, ou se deve contratar especialistas externos. Hoje abordaremos os pontos positivos e negativos de ambas as abordagens.

Comecemos com a prática de utilização da própria força de trabalho da empresa para lidar com a implementação

Os pontos positivos desse processo

1. Melhoria rápida do desenvolvimento dos funcionários – Quando você escolher seu próprio pessoal para efetuar a implementação, lhe dará a oportunidade de desenvolver as suas habilidades na empresa.

2. Utilização da perícia da força de trabalho para melhorar o Gerenciamento do Relacionamento com Clientes – Como o benefício dos sistemas de Gerenciamento do Relacionamento com Clientes é sentido ao nível mais baixo, a utilização da sua força de trabalho irá ajudá-lo a tirar o máximo proveito do seu sistema de Gerenciamento do Relacionamento com Clientes.

3. Criação de especialistas em Gerenciamento do Relacionamento com Clientes – Ao utilizar a sua força de trabalho no processo de implementação, você irá garantir que sua empresa terá seu próprio conjunto de especialistas em Gerenciamento do Relacionamento com Clientes, beneficiando a empresa desse modo.

Os pontos negativos desse processo

1. Alocação de tempo e recursos – Como o processo de implementação de Gerenciamento do Relacionamento com Clientes acontecerá diariamente, a utilização da sua força de trabalho provocará pressão sobre os funcionários que não estejam sendo aproveitados no processo de implementação.

2. Habilidades da força de trabalho – A implementação de um sistema de Gerenciamento do Relacionamento com Clientes requer determinadas habilidades. Se o pessoal selecionado não for suficientemente hábil, isso dificultará a implementação.

Em seguida, abordaremos a prática de utilização de especialistas externos para lidar com a implementação.

Os pontos positivos desse processo

1. Utilização de pessoal experiente – A principal razão da seleção de uma empresa externa para efetuar o processo de implementação é a existência de experiência na implementação de ferramentas de Gerenciamento do Relacionamento com Clientes.

2. Personalização adequada da ferramenta de Gerenciamento do Relacionamento com Clientes para a sua empresa – Uma vez que o fornecedor irá utilizar pessoal experiente, ele irá garantir que as ferramentas sejam personalizadas segundo as suas necessidades. Isso irá desempenhar um papel importante no sentido de garantir que as ferramentas de Gerenciamento do Relacionamento com Clientes funcionem como você pretende.

Os pontos negativos desse processo

1. Muito pouco ou nenhum envolvimento da força de trabalho – Como a implementação será tratada pelo fornecedor, a sua força de trabalho terá muito pouco ou nenhum envolvimento em todo o processo de implementação.

2. Formação adicional tem de ser dada à força de trabalho – Como sua força de trabalho não será exclusivamente envolvida na implementação, a empresa terá de gastar dinheiro para formar a força de trabalho sobre o software de Gerenciamento do Relacionamento com Clientes (come webCRM).

Como você pode ver, os dois procedimentos têm pontos positivos e negativos. Se você ficar confuso sobre a metodologia que deve utilizar, tome a sua decisão com base nas habilidades da sua força de trabalho e no número de associados que pode atribuir ao processo de implementação.