Grandes Invenções que Mudaram Nosso Mundo

Há algumas invenções que não encontraram lugar algum para serem usadas em nosso dia-a-dia. Outras invenções, entretanto, não se tornaram apenas parte de nossas vidas, mas tem transformado a maneira como vivemos de forma que nos deixa incapazes de pensar em como conseguíamos viver antes delas.

A televisão é uma das maiores invenções do nosso tempo e revolucionou a maneira que nós recebemos informações e experiências do mundo. O desenvolvimento da TV remonta a 1884, quando o estudante alemão Paul Nipkow Gotlier patenteou o primeiro sistema de televisão eletromecânico. A invenção utilizava o processo de converter uma imagem visual em um fluxo de impulsos elétricos, mas foi o inventor escocês John Logie Baird que é creditado por ter inventado o que nós conhecemos hoje como televisão. Primeiro, ele demonstrou a transmissão de imagens em movimento em Londres, em 1925. Logo depois a Baird Television Limited fez a transmissão da televisão da Grã-Bretanha pela primeira vez no dia 30 de setembro de 1929.

A televisão abriu um mundo que antes era invisível para todas as pessoas ao redor do mundo, entretanto por mais que a TV tem transformado a vida moderna, é um dispositivo que só permite a comunicação pelo envio de informações e não um diálogo ou troca de informações. Certa vez um professor de Boston chamado Alexander Graham Bell, começou em 1874 a trabalhar em uma invenção que consistia em abrir o mundo da comunicação de uma forma nunca vista anteriormente.

O professor Bel tinha obsessão pelo som e pela comunicação desde a tenra idade. Sua mãe era profundamente surda e seu pai e seu avô era conhecido por seus trabalhos de locução. O trabalho de Bell o levou a ser o primeiro inventor a patentear, em 1876, um sistema que convertia sons em impulsos elétricos e depois se transformava em um tom que soava como a voz original, o telefone. A experiência bem sucedida de Bell com seu assistente Watson tornou-se lendária quando a primeira frase completa foi transmitida através de seu novo aparelho. Outro fato curioso é que Bell se recusou a ter um telefone em seu próprio escritório afirmando que o aparelho atrapalhava o desenvolvimento de seus trabalhos.

Cerca de 50 anos antes de Bell patentear sua invenção, um outro trabalho já havia sido começado em outro dispositivo que estava para mudar os horizontes da vida moderna; A fotografia. A primeira fotografia permanente foi feita em 1826 por Joseph Niepce em Paris. Anos mais tarde após as primeiras câmeras e os primeiros filmes criados, em 1975 Steven J. Sasson, um engenheiro elétrico começou a trabalhar na criação da câmera digital. A atribuição foi dada a ele por seu supervisor na empresa Kodak que o encarregou da criação de um aparelho que fizesse a captura de imagens digitais que pudessem ser mostradas em telas em poucos segundos. Desde então, a câmera digital revolucionou a forma como usamos e interagimos com as imagens, pois as pessoas agora tiram fotos, as revelam e fazem edições gráficas utilizando o seu computador pessoal – tudo no conforto de seus próprios lares.

Grandes invenções são diversas, complexas e surpreendentes, e todas elas têm uma coisa em comum: elas de alguma forma mudaram o nosso mundo.