Gol, o Melhor Momento do Futebol!

Um gol importante, principalmente se o gol deu um título importante para o time do coração, ou se derrepente este gol deu um titulo sonhado com muitos anos de espera, de angustias e de gozações por parte de torcedores de times rivais, a lembrança de gols do time mais popular de São Paulo, que já foi chamado de o time do povo, alegra o coração.

É tão bom encontrar com amigos corintianos e lembrar de gols decisivos e importantes do Corinthians da sua história de titulos e de glorias, titulos como o Mundial de clubes da Fifa realizado no ano 2000 onde lembramos gols do capetinha Edilson, do Luizão, do Marcelinho carioca e de outros, e das defesas importantes do goleirão Dida, daquele meio de campo com uma formação sensasional onde o Corinthians tinha dois otimos volantes que marcavam bem e sabiam sair com a bola dominada e lançar a frente como era o caso do Vampeta e do Rincon e completando o quadrado central com dois imponentes meias o Ricardinho pelo lado esquerdo e o Marcelinho carioca pelo lado direito que costumavam deixar com seus primordiais lançamentos ora o Luizão, ora o Edilson na cara do gol.

A decisão do titulo foi contra o time do Vasco da Gama no Estádio do Marcanã. Lembranças dos idolos como o Neto, daquele gol que ele fez chutando uma falta proxima do meio de campo em um jogo que foi disputado no Estádio do Maracanã contra o time do Flamengo que tinha como goleiro Gilmar Rinaldi. Lembrança daquele gol de placa que o Marcelinho Carioca fez contra o Santos na Vila Belmiro e que foi homenageado nada mais nada menos que pelo rei do futebol o Pelé, e lembranças dos idolos como o Socrates, Zenon, Roberto Rivelino e tantos outros e lembranças de gols decisivos dos titulos mais importantes do Timão, como aquele gol do Basilio contra o time da Ponte Preta no ultimo jogo decisivo onde o estádio do Morumbi no dia 13 de Outubro de 1977 foi palco de um espetaculo que tinha mais de 120.000 torcedores jogando juntos com o Corinthians, inclusive eu estava lá tinha apenas 20 anos de idade e vi pela primeira vez o meu time do coração ser campeão.