Você sabia que precisa de pelo menos 1g de proteína por quilo de peso corporal por dia para manter seus músculos e ganhar massa muscular? Por exemplo, se você pesa 70 kg, você precisará de no mínimo 70g de proteína por dia. É claro que a maneira mais fácil e prática de conseguir essa quantidade de proteína, além da alimentação normal, é tomar suplementos alimentares ricos em proteína.

Alimentos Baratos Ricos em Proteína

Alimentos Baratos Ricos em Proteína

No entanto, suplementos alimentares são caros, e muitos praticantes de musculação tem orçamento apertado para investir continuamente em suplementos alimentares protéicos. Este fator pode tornar mais difícil obter a quantidade diária de proteína que você precisa para construir músculos. Este post vai ajudá-lo, mostrando alguns alimentos que são fontes super baratas de proteínas de qualidade para ganhar músculos gastando pouco dinheiro.

1. Atum. 40g de proteína / pote. O atum é uma fonte saudável e riquíssima em proteína. Não se preocupe em comer esse enlatado diariamente, desde que você coma no máximo uma lata por dia.

2. Ovos inteiros. 7g de proteína / ovo. Diminua sua gordura corporal fazendo exercícios aeróbicos ao invés de jogar a gema fora, caso você tenha mau colesterol. Colesterol da dieta não significa necessariamente colesterol no sangue, e a gema contém metade da proteína e das vitaminas (A, D e E) que o ovo contém.

3. Albumina. 11,8g de proteína / colher de sopa (nas melhores albuminas puras). É clara de ovo em pó. A albumina de boa qualidade possui 80% ou mais de sua composição de pura proteína. Seu valor biológico é menor apenas que o da whey protein. A vantagem da albumina é a sua absorção lenta pelo organismo e a sensação de saciedade que ela provoca. O gosto ruim pode ser amenizado misturando a albumina com sucos ou leite em pó. Um quilo fica na faixa de R$50,00 e tem um ótimo custo-benefício. Recomendamos as marcas Naturovos e Salto’s.

4. Carne moída. 25g de proteína/100g. Comprar carne moída pode ser uma forma barata de conseguir proteína de origem animal.

5. Salsicha. ~25g de proteína / 100g. A salsicha é uma boa fonte de proteína animal por um preço razoável. Entretanto seu consumo diário e/ou em grandes quantidades não é recomendado pelo fato dela ser um alimento embutido, o que significa muito sódio e conservantes.

6. Leite. 30g de proteína / litro de leite. Se você é um cara magrelo, querendo ganhar peso rapidamente e não se preocupa em ganhar um pouco de gordura, beba 1 litro de leite puro por dia. Não se preocupe com a gordura saturada: Se você se enquadra no perfil citado, seu metabolismo irá dar conta do recado sem problemas! (Pesquise também sobre a GOMAD – A dieta do leite para ganho de peso).

7. Peito de Frango. 25g de proteína/100g. Grelhe o peito de frango congelado com um desses grills elétricos. Consuma o peito de frango dentro de até 2 meses depois de congelado para garantir a textura e um ótimo sabor.

8. Peito de Peru. 25g de proteína/100g. Cortes mais baratos podem ter alguma gordura. Tire a gordura se achar necessário.

9. Iogurte. 6g de proteína/200 ml. Garrafas de iogurte, daquelas de 1 litro, são ricas em proteína de boa qualidade e são muito baratas. Tomar um ou dois copos por dia vão trazer grandes benefícios para todo seu organismo.

10. Whey Bulk. 23g de proteína/30g. A Whey protein é a proteína de maior valor biológico. A Whey protein “Bulk” é a Whey protein pura, sem sabor e sem nenhum aditivo, que sai a preços bem mais baixos (de R$40,00 a R$50,00 o quilo no caso da Whey bulk concentrada) do que as Wheys tradicionais. Você pode encontrar a venda em algumas lojas online, como na GrowthSupplements ou na WedySuplementos. Outra dica é fazer uso também dos chamados mix de proteínas, que são uma mistura de vários tipos de proteínas, incluindo whey protein, com preços mais acessíveis.

Share Button