Escolha Um Cartão de Crédito Que Combine com Suas Necessidades

Cartão de Crédito

Cartão de Crédito

Ao contrário do que se utilizava há poucas décadas atrás, como os crediários nas lojas, hoje, o que mais é visto na hora de fazer o pagamento em um estabelecimento comercial é a variada opção de bandeiras do cartão de crédito. Com elas, é possível pagar, apenas no próximo mês, um produto ou serviço que se adquire na hora. Além disso, na maioria das vezes, ainda existe a opção de parcelar o valor em muitas vezes, sem o acréscimo de juros.

Diferente dos crediários que as pessoas faziam nas lojas, como alternativa para não realizar o pagamento à vista, o cartão de crédito serve para acertar as contas em uma infinidade de locais. Por isso, o crediário, que tinha que ser feito um em cada loja, é coisa do passado, sendo que, hoje, muitas pessoas nunca devem ter ouvido falar dele.

Para fazer cartão de crédito os trâmites estão se tornando, a cada dia, menos burocráticos, permitindo que pessoas, mesmo sem comprovar renda, possam ter um cartão de crédito. Algumas empresas também nem cobram a anuidade, eximindo os clientes das taxas e possibilitando que eles gastem mais ao comprar produtos e serviços que têm sua venda facilitada com o cartão de crédito.

Existem também as empresas que, quando uma pessoa vai fazer cartão de crédito, não verificam nem mesmo a situação do futuro cliente na SERASA ou no SPC. Claro que esses cartões oferecem uma menor variedade de serviços, em relação aos cartões adquiridos por pessoas que comprovem uma renda mensal significativa, por exemplo. Mesmo assim, esses cartões de crédito podem ser alternativas atraentes para o final do mês, quando o dinheiro já acabou, mas algumas compras ainda devem ser feitas.

Desta forma, o cartão de crédito não é mais um instrumento apenas acessível às pessoas que possuem mais condições financeiras do que outras. Além de possibilitar compras que serão pagas apenas no mês seguinte, os valores podem ser parcelados em tantas vezes conforme definir o estabelecimento comercial onde foi realizada a compra. Mas as parcelas costumam variar de seis a 12 vezes, sem juros, o que deve ser, aliás, avaliado na hora de escolher o número de parcelas. Quando uma compra feita com cartão de crédito puder ser parcelada o usuário do cartão deve sempre verificar se as parcelas terão juros embutidos, pois neste caso o valor final pode não compensar o parcelamento. Muitas vezes o juro não é cobrado se o parcelamento for em até 3 vezes, por isso é bom prestar muita atenção antes de fechar o número de parcelas.

Outro cuidado que se deve ter quando se adquire um cartão de crédito é quanto ao pagamento da fatura, que nunca deve ultrapassar o dia do seu vencimento. Alguns cartões já contam com a possibilidade do seu pagamento ser feito até 40 dias após o vencimento, sem a cobrança de juros. A opção até pode ser atraente, mas o cliente deve lembrar que, no mês seguinte, se escolher em não pagar a fatura no dia do vencimento, serão duas faturas que deverão ser pagas.

Caso o cartão não ofereça essa facilidade, e se o pagamento não ocorrer no dia certo, os juros podem ser extremamente altos e aumentar com o passar dos dias. Por isso, aconselha-se que a pessoa sempre use o bom senso e adquira produtos e serviços que saiba que poderá pagar no mês seguinte. Com isso, mostra-se a importância dos futuros clientes de cartões de crédito pesquisarem quais são as suas necessidades para que, apenas depois de avaliar todas as possibilidades, escolham um cartão que combine com o seu perfil financeiro. Também é essencial que o cartão seja aceito nas lojas e demais estabelecimentos que a pessoa já está acostumada a comprar.

O que também é muito comum de acontecer é o cartão de débito, que uma pessoa recebe ao abrir uma conta bancária, oferecer a opção de acrescentar a ele os serviços de cartão de crédito. Por mais tentador que possa parecer a proposta, é necessário avaliar os seus benefícios e se informar sobre as taxas que costumam ser cobradas.