É isso ai, Companheiro!

Não precisa colocar no dicionário, nem no livro de Biologia.
Essa espécie é nossa conhecida de todo dia.
Dia vai, dia vem.
Todo mundo vê, mas se contém.
Será melhor ir pra Febém
ou ser feita de refém?
Esse lugar é terra nostra,
mas já está fedendo mais a bosta.
Que requinte, que elegância!
Os políticos vêem tudo com ganância.
Vou pra França, vou pra Ibiza.
Volto pro Brasil e como uma pizza.
Estamos todos nesse barco
em que nosso chão é puro asfalto.
Asfalto com cara de estrume
que deixa os culpados, imunes.
Não se sinta tão mal
é assim que funciona o nosso Distrito Federal.
É isso ai, companheiro!
Meu bom patriota brasileiro.
 
Cynthia Andrade