Divórcios Movimentam Indústria do Casamento no Brasil

Divórcios Movimentam Indústria do Casamento

Divórcios Movimentam Indústria do Casamento

A conteporaniedade não diminuiu o desejo dos casais se unirem em matrimônio, pelo contrário, a inústria do casamento no Brasil está em crescimento, e a tendência é que atinja seu auge nos próximos anos. No religioso, no civil ou apenas uma festa simbólica, basta ter vontade e disposição para realizar esse sonho.

O mercado no Brasil

Para surpresa de muitos, as últimas pesquisas sobre matrimônios apontam que o divórcio tem sido um dos principais responsáveis pelo aumento de casamentos no país e o mercado deve movimentar, só este ano, R$ 14 milhões segundo a Abafesta (Associação dos Profissionais, Serviços para Casamento e Eventos Sociais). Isso se deve ao fato de a proporção de recasamentos ter crescido de 11,7% para 18,3% em relação ao registrado em 2000 pelo IBGE. Rio de Janeiro e São Paulo, são as cidades com mais uniões entre divorciados com 4,2% do total, na maior parte delas formais, entre homens divorciados e mulheres solteiras.

Expo Noivas e Festas no Rio de Janeiro

Para aproveitar esse mercado superaquecido, as feiras matrimoniais têm crescido e oferecido mais serviços e novidades para os que desejam se casar. No Rio, em 2011, foram realizadas mais de 20 feiras, mostras e expos desse segmento.

A Expo Noivas e Festas, um dos eventos mais aguardados por quem pretende se casar será realizada entre os dias 19 e 23 de setembro, em um shopping do Rio de Janeiro. O evento atrai famílias inteiras em busca de novidades, descontos e serviços personalizados. A dica é pesquisar os serviços oferecidos e tentar descontos com os fornecedores. Para se ter uma ideia, um fotógrafo de casamento no Rio de Janeiro pode chegar a fechar a agenda do ano seguinte depois desse tipo de exposição.