Dicas para conquistar seus clientes

Não tem nada melhor do que construir seu próprio negócio e contar com sua rede super fiel de clientes. Independente do ramo em que você se estabelecer, criar este tipo de parceria entre empresa e cliente é sempre muito gratificante para ambos os lados, e em alguns casos, pode acontecer de haver inversão de lados nessa relação e os negócios crescem cada vez mais e a parceria acaba durando por longos anos.

Uma situação bem comum, por exemplo, é quando pensamos em sair para comer ou simplesmente ir à padaria. Pode ser que tenha uma lanchonete na esquina de nossa casa, ou talvez uma padaria que seja até mais em conta, mas quando nos identificamos com um lugar ou com o próprio produto, é bem difícil de se importar com qualquer outro. E justamente pensando nessa relação é que devemos analisar algumas formas de tornar todo esse processo mais duradouro e confortável para ambos os lados.

Produto e serviços

Manter-a-qualidade-de-seus-serviços.Talvez não seja preciso dizer que esse é o item mais importante de todos para que o freguês se interesse em confiar sua preferência. Assim como no exemplo da lanchonete e padaria, garantir qualidade no seu produto e fazer com que todos possam ser entregues da melhor forma possível para seu cliente, significa dizer que ele prestigiará seu trabalho, independentemente da localização e preço de seu trabalho bem realizado.

Uma coisa bastante importante também é não trair o seu público, pois não adianta apostar na qualidade de seu produto e forçar o preço, porque ele provavelmente continuará do seu lado (caso o seu produto realmente seja diferente do resto do mercado), mas conseguir novos parceiros comerciais se torna uma tarefa um pouco mais complicada.

Atendimento

Não vai adiantar nada presar pela qualidade do seu serviço, se o tratamento com os seus fregueses não forem os melhores. Pode acontecer também de você não oferecer o melhor produto da sua área, mas se sua relação poder se desenvolver, as chances de conquistar a pessoa também é muito grande.

Para comércios e empresas que costumam receber um grande número de clientes, o indicado é tratá-lo como a pessoa mais importante desde o momento em que ele estacionar o carro, até a negociação ou na venda de seu produto. Oferecer para eles um bom estacionamento, alguns manobristas, um bom saguão, ótimos recepcionistas e atendentes, faz com que o cliente se associe mais facilmente com o lugar, permitindo a ele a sensação de estar mais próximo a comodidade de sua casa e é uma ótima forma de conquistá-lo.

Funcionários e preços especiais

Confraternizar-com-seus-funcionários-é-uma-ótima-ideia.Não só para os negócios, mas para construir qualquer relação na vida que dure anos, é necessário que você abra mão de algumas coisas e a outra pessoa também precisa ser consciente. Na sua empresa também não é diferente. Tanto para seus funcionários e para seus clientes, será necessário sempre realizar a manutenção desse contato com ambos, pois estes são as pessoas que fazem o seu sucesso acontecer.

Para os funcionários, não é só porque o mercado paga a base salarial, que você precisará pagar a mesma coisa. Oferecer boas condições de trabalho, faz com que seu colaborador se sinta mais disposto em cooperar para o bom funcionamento da empresa, e poder ajudá-lo com algumas de suas necessidades também traz consideração dele com o seu estabelecimento. Uma dica pode ser a realização de boas confraternizações e prêmios para toda sua equipe ao fechamento dos projetos anuais, seja por alugar uma van e levar a galera para uma pousada, ou simplesmente por uma festa para prestigiá-los.

Isso também refletirá com os clientes, pois os funcionários se esforçaram para tratá-los melhor e consequentemente a chance de fechar novas compras aumenta naturalmente. Com os seus clientes, é necessário se relacionar como se estes fossem seus chefes. É preciso compreender o seu lado, e as vezes será necessário abrir mão de uma coisa ou outra para que ele feche a compra, mas as vezes você precisará interferir para mostrar a sua realidade e guiar pelos lados em que o negócio deve seguir. O cliente fiel precisa ser priorizado, e para situações especiais ele também precisa ser tratado como especial.