Dicas estratégicas para negócios de moda

O ramo da moda é conhecido pela beleza, diversidade e pelo dinamismo. Embora seja bastante atraente, esse segmento requer que o varejista esteja sempre antenado às novidades e tendências do momento para manter seu negócio e faze-lo prosperar. Há uma diversidade muito grande de tipos de lojas, produtos, serviços oferecidos e públicos-alvo a serem atingidos. Diante desse cenário complexo, confira as dicas a seguir para obter sucesso:

Dicas estratégicas para negócios de moda

Conheça seu público-alvo

Antes de abrir qualquer negócio, é fundamental verificar se há procura pelos produtos/serviços, bem como levantar dados acerca desse público. No ramo da moda não é diferente: é preciso fazer pesquisas e identificar gostos, preferências, opiniões, hábitos de compra, poder aquisitivo etc. É com base nessas pesquisas que você deve montar seu catálogo de produtos e serviços a oferecer. Seja detalhista para definir a próxima coleção, por exemplo: defina estilos, cores, estampas e outros detalhes, sempre com base naquilo que seu cliente deseja.

Identifique nichos de mercado

Nichos de mercado são segmentos bastante específicos de público, que podem se tornar grandes oportunidades de venda se você souber como explorá-los. No mundo da moda, existem setores como moda plus size, moda para gestantes, moda sustentável, moda streetwear, moda country, enfim, diversos nichos que têm estilos diferentes e, consequentemente, estão atrás de produtos diferentes. Identifique quais desses segmentos fazem parte de seu público e adeque seus produtos e serviços.

Mantenha fornecedores de qualidade

Se você deseja oferecer produtos de qualidade, resistentes e visualmente atraentes, é preciso ter contatos de fornecedores de confiança. Procure fornecedores que possuem canais de comunicação diretos com o varejista e certifique-se de que eles serão capazes de oferecer a quantidade e a qualidade que você deseja, dentro dos prazos que atendam às suas necessidades, e por preços de logística justos.

Proporcione uma experiência de compra agradável

Quando se diz que é necessário investir na loja, não se trata apenas dos produtos. É necessário pensar na organização da loja em si: criar um ambiente agradável, limpo, organizado, convidativo, em que os clientes se sintam à vontade e tenham fácil acesso àquilo que desejam. Atendentes gentis e bem informados fazem muita diferença na hora de conquistar clientes. Também é necessário investir no design da loja: fachadas iluminadas, vitrines criativas, araras para roupas organizadas, decoração, cartazes e avisos de sinalização – tudo deve ser elaborado para tornar a vida do cliente mais fácil, mas evite excessos. Uma dica valiosa é deixar itens relacionados próximos um do outro, para que aumentem as chances de o cliente levar ambos.

Atualize-se

Tendo em vista que o mercado da moda muda frequentemente, com base em novas tendências ou estações do ano, por exemplo, é preciso renovar constantemente o acervo de peças disponíveis. Clientes gostam de novidades e, assim, não se deve expor sempre a mesma coisa. Por isso, evite manter estoques superlotados de peças que em breve não terão mais tanto apelo, mas faça compras com regularidade para que nada venha a faltar. Verifique sempre os registros de produtos, marcas e modelos para evitar problemas legais.

Invista em Marketing e Comunicação

Se você tem uma loja interessante, repleta de produtos do momento, é preciso divulga-la para atrair novos clientes e fidelizar os antigos. Faça promoções e eventos; ofereça serviços adicionais aos produtos (como o auxílio de um personal stylist, por exemplo). Comunique e divulgue sua loja por meio de website e redes sociais que interajam com o consumidor. É importante ouvir o que ele tem a dizer e fornecer-lhe conteúdo de qualidade: novidades, fotos, descrições de produtos, dicas etc.