Dia 02 de Dezembro – Dia Pan-americano da Saúde

No dia 2 de dezembro é comemorado o Dia Pan-americano da Saúde, uma data que mobiliza o continente em torno de campanhas educativas e preventivas em busca de qualidade de vida e bem-estar da população. Uma das principais vitórias que o Brasil obteve nos últimos anos, que precisa ser lembrada e comemorada neste Dia Pan-americano da Saúde é a erradicação de doenças através da vacinação.

Saúde da Criança

Saúde da Criança

Após sofrer com epidemias de varíola, febre amarela, poliomielite, sarampo e catapora, o Brasil possui hoje um alto controle dessas doenças através de calendários obrigatórios de vacinação durante os primeiros meses e anos de vida das crianças. Essa estratégia contribuiu efetivamente para o controle dessas doenças no continente, através de ações educativas em escolas e bairros, para pais e educadores e principalmente através das campanhas nacionais de vacinação.

A erradicação da poliomielite, conhecida como paralisia infantil, é o principal exemplo do sucesso das campanhas de vacinação de crianças. A pólio é uma doença letal causada por um vírus que atinge o sistema nervoso, ocasionando destruição dos neurônios motores e levando a criança à paralisia. O Brasil teve a erradicação da poliomielite registrada pela OMS em 1994 e para deixar o país há mais de 20 anos livre da doença, a Coordenação Geral do Programa Nacional de Imunizações (CGPNI) mantém a vacina aos dois, quatro, seis e 15 meses de vida das crianças, com reforço anual durante as campanhas, até que a criança atinja os cinco anos de idade.

Por que é tão importante vacinar?

Um dos principais desafios a serem enfrentados no Dia Pan-americano da saúde é a ampla divulgação das vacinas oferecidas gratuitamente pelo Governo e a conscientização dos pais e familiares da importância que a vacinação das crianças tem para a saúde do país como um todo. Ainda hoje, algumas regiões distantes onde o acesso à educação e aos serviços de saúde são precários, a adesão da população às campanhas de vacinação não atinge o índice desejado e muitas crianças deixam de ser vacinadas.

No entanto, o Governo investe fortemente em campanhas mobilizatórias, que contam com amplo apoio da mídia, buscando esclarecer que a imunização é fundamental porque mesmo quem tem boa saúde e vive em condições apropriadas de higiene não está livre de contrair determinadas doenças e propagá-las. Além disso, a vacinação é um importante instrumento da saúde pública por ser capaz de proteger uma grande quantidade de pessoas em pouco tempo e, no caso da vacinação de crianças, por conseguir barrar a disseminação de certas doenças durante uma geração inteira.

Além da vacinação, é preciso que os pais incentivem os filhos a manter uma vida saudável, incentivando os esportes e as atividades físicas e principalmente uma alimentação saudável.