O Detetive Particular e a Espionagem Industrial

Para o detetive particular que atua no campo da espionagem industrial vale tudo para conseguir a informação que o cliente tanto deseja.

A análise do lixo de uma empresa é uma técnica bastante utilizada. Muitas informações, importantes ou não, são jogadas fora. muitas vezes porque para quem as joga não passa de lixo. Porém, para o detetive particular passa a ser uma preciosa fonte de informações.

Outra maneira eficaz do detetive particular obter informações é a infiltração. O detetive particular ou passa a trabalhar na empresa disfarçado ou, o que é mais comum, passa a atuar como prestador de serviços dentro da mesma. A partir do momento que o detetive particular se infiltra ele passa a colher as informações de diferentes formas. Escutas telefônicas, material fotográfico, cópia de arquivos.

Diante de tudo isso a prevenção contra a espionagem industrial é algo com que as empresas devem se preocupar. Se no lixo encontram-se muitas informações, a orientação aos funcionários é que todo papel deve ser destruído.

Ao solicitar serviços de prestadores, verifique as credenciais e somente peça o serviço se ele for realmente necessário e que a empresa não conte com alguém que o faça. Contratar técnicos de informática, de eletrônica muitas vezes é colocar o detetive dentro da empresa, por isso, se for inevitável, que um funcionário de confiança acompanhe todo o procedimento.

A segurança das informações de uma empresa é papel de todos e por isso se deve desenvolver um senso comum de responsabilidade sobre isso. Outras dicas também são importantes: limitar o acesso físico de estranhos aos computadores, limitar o acesso por software, sempre encerrar uma sessão, fazer back up dos dados com frequência, não falar sobre a segurança do sistema com terceiros.

Com isso e outras medidas que a empresa julgar necessárias, a invasão das informações pode ser evitada e com isso os possíveis prejuízos também.