Dentista pra quê? Meus dentes já são brancos

Talvez essa frase não faça muito sentido para você, mas acredite, é muito mais comum do que parece esse tipo de coisa ser dita por aí. O que define um belo sorriso? Dentes alinhados? Dentes brancos? Ou a covinha na bochecha que fica a mostra quando tem um sorriso? Bom cada tem a sua definição de sorriso bonito, mas e o sorriso saudável? Será que tem tanta diferença assim?

Pois é, em grande parte dos casos tem sim. Antigamente era muito mais comum e prático que ao invés de tratamento dos dentes, a extração dos problemáticos fossem realizadas. Por isso, é possível lembrar a quantidade de idosos que encontramos com um ou dois dentes de ouro e prata. O resultado de algumas extrações, é consequentemente o uso de dentaduras (fixas ou móveis) que suprem as necessidades dos seus usuários mas que não são o desejo de ninguém, é claro.

O cativante sorriso de uma criança

Troca-de-dentes-de-leite.É muito legal poder ver o sorriso de uma criança que ainda anda com seus dentinhos de leite por aí. O alinhamento, a perfeição, o tamanho e tudo mais… simplesmente muito bonito. E quando chega a fase dos 5 até uns 8, 9 anos de idade, vivenciamos a fase de troca dos dentes e é agora que os problemas começam a aparecer.

Se muitos adultos já mantem o costume de comer muitos doces durante o dia todo, imagine as crianças com cereais matinais, achocolatados e uma quantidade ainda muito maior de balas, chicletes e tantas outras porcarias que estragam toda a boca. Tradicionalmente, as primeiras visitas ao dentista servem pra encontrarmos as primeiras cáries e germes na boca. E talvez por essas primeiras experiências com equipamentos odontológicos de extração, o trauma com o dentista já comece a ser formado nisso aí.

E pode parecer besteira mas acontece bastante de muitas pessoas deixarem de fazer o tratamento certo logo no início da adolescência por causa desse trauma, o que depois vira comodismo, e quando para pra ver, a saúde bucal já está comprometida e mexer nela saíra por um preço muito incomodo. E as vezes a parte estética dos dentes e da boca não ficará tão alterada, mas internamente os resultados são realmente seríssimos.

Tabu

Hoje-esse-tabu-já-não-tem-mais-a-mesma-força.Hoje isso já começa a sair um pouco de ação, mas o que ainda é bastante usado como desculpa, é deixar de colocar aparelho ou arrumar a boca de uma maneira definitiva porque isso é coisa de adolescente e criança. E se acha que isso não acontece, pode ser visto o número de pessoas que levam seus filhos e crianças para os dentistas desde pequeno, enquanto a saúde bucal deles também não é das melhores. O número de adultos usando o aparelho também é nitidamente muito menor do que o de jovens.

Isso deve soar engraçado para um dentista que estudou a vida inteira, se esforçou para comprar um fotopolimerizador, um consultório Gnatus e mais tantas outras máquinas odontológicas, e acaba por ouvir uns negócios desse em uma consulta. Mas o importante mesmo, é não deixar de tratar regularmente a sua boca – que vale lembrar que a saúde bucal não se trata somente de seus dentes – para que o sorriso bonito e os dentes branquinhos, façam realmente parte de uma boca saudável.