Decoração e a Escolha do Tapete

Para criar um ambiente agradável e aconchegante em casa, a decoração é fundamental. Como a sala de estar é o lugar onde as pessoas, tanto os moradores quanto as visitas, passam mais tempo, é preciso decorá-la de forma harmoniosa, combinando tom de cores, considerando o ambiente. O tapete, assim como as cortinas e almofadas, pode ajudar na decoração e cumprir essa função.

Na hora de escolher o tapete, é preciso levar em consideração alguns pontos, para que ele possa, além de decorar, agradar e criar um clima maior de aconchego. Por isso, é importante:

– Em primeiro lugar: cuidado com alergias. Caso tenha algum morador alérgico em casa, o ideal é optar por tapetes com fibra sintética, que além de anti-ácaros, são mais resistentes ao tempo e lavagens;

– Se possível, escolha um tapete antiderrapante, que evita tropeços e escorregos. Ou então, compre fitas adesivas que possuem essa função e que podem ser coladas no verso do tapete;

Escolher Tapete

Escolher Tapete - (viaMagazineLuiza.com.br)

– Antes de escolher um tapete, reflita sobre as cores que já fazem parte da decoração da sala, para escolher um que combine com as cores do ambiente. Por isso, o ideal é deixar o tapete como a última peça da decoração, para que ele possa se encaixar perfeitamente no espaço;

– Ter um tapete na sala de jantar não é muito recomendável, pois há o risco maior de sujá-lo com vestígios de comida, farelo e líquido. Além disso, os pés da mesa e das cadeiras enroscam facilmente, podendo danificar o tecido e diminuir seu tempo de durabilidade;

– Se a intenção for ter vários tapetes no mesmo ambiente, é preciso cuidar com o exagero de cores e formas. Por isso, opte por tapetes lisos ou com estampas e cores menos chamativas;

– Os tapetes da sala de estar ou da sala de televisão devem ser mais macios e confortáveis, além de terem cores ou estampas que combinem com as cortinas, com o sofá e com as almofadas;

– Se o sofá for estampado com muitas cores, escolha um tapete liso com cor igual a uma das cores que aparecem na estampa do sofá. O ideal é ter apenas um dos três estampados: ou o sofá, ou a cortina, ou o tapete, para que não haja excesso de cores e informações, o que deixa o ambiente carregado e cansativo para os olhos;

– Para ter um efeito mais harmônico na sala de estar, deixe uma margem de até 30 centímetros entre o tapete e o sofá, criando com o piso uma moldura para o tapete.

Dessa forma, é possível utilizar os tapetes para criar um clima mais agradável e aconchegante para o cômodo.