A Crotalária no Combate ao Mosquito da Dengue

Crotalária

Crotalária

A Crotalária é uma espécie de leguminosa que, devido ao seu rápido crescimento, tem sido muito utilizada para forração e adubação verde graças ao seu grande poder de fixação biológica de nitrogênio no solo.

Recentemente a Crotalária tem despertado o interesse das autoridades do país por um motivo: O combate ao mosquito da dengue (Aedes aegypti). A Crotalária serve de alimento para a libélula, um inseto que se alimenta do mosquito transmissor da dengue. Com o plantio da Crotalária em terrenos baldios, quintais, jardins, vasos e inclusive em margens de rios, a planta atrai a libélula que põe seus ovos em água parada e limpa, da mesma maneira que o Aedes.

Os ovos nascem, viram larvas e essas larvas se alimentam de outras larvas, inclusive do mosquito transmissor da dengue. Além de tudo isso, a libélula adulta se alimenta de pequenos insetos e o Aedes aegypti faz parte do seu cardápio, o que pode auxiliar no combate ao mosquito.

A medida já foi adotada com sucesso em cidades como São José do Rio Preto e Monte Aprazível, que distribuíram sementes e mudas à população para reduzir a incidência do mosquito. Outras cidades como Ituverava e Araraquara, no interior de São Paulo já estão distribuindo sementes da planta para os moradores.

As Crotalárias são pouco exigentes, só precisam de um espaço com luz solar e regas regulares. Podem ser cultivadas tanto em vasos como diretamente no chão. Em muitas cidades já é possível adquirir sementes gratuitamente em estabelecimentos públicos, como escolas e postos de saúde. Se sua cidade ainda não aderiu ao projeto, procure sementes da planta e dissemine essa ideia.