Conhecimento

Ah!….conhecë-la, ouvi-la,
Fez me, encontrar de alguma maneira
O alento à amargura vivida
Sendo as palavras tornando balsamo
As feridas.

Ah!… ver te do andar de cima
Com a água a brincar, fazendo dela
Um fascínio, a mim espiar
Que fez me agora pensar….

Ah!…acerolas, e amoras
Frutos de um pensamento

Que voam a buscar
O gosto, que passo à imaginar.

Ah!… se tu fostes assim
Bela como o luar, e de coração
A abrandar, sofrimentos outros
Eu quero encontrar.

Ah!… agora vejo ti
Ouço ti, e posso cumprimentar
Pois o seu nome até pronunciar
Após a mim ensinar.
Delson A. Vieira