Conheça os Principais Mitos com Relação ao Seu Carro

Principais Mitos com Relação ao Seu Carro

Principais Mitos com Relação ao Seu Carro

É preciso manter o pé esquerdo apoiado na embreagem.

Procure apertar o pedal somente nas trocas de marcha, pois manter o pé apoiado nele é prejudicial ao sistema de embreagem.

É bom segurar o carro pela embreagem nas subidas.

Essa é na verdade uma ótima maneira de forçar o disco de embreagem. Em casos de subidas muito íngremes procure sempre utilizar o freio de mão, é mais seguro e você não precisa se esforçar tanto.

Passar uma roda de cada vez na lombada é o ideal.

Jamais! Esse tipo de prática só ajuda você a conseguir uma torção da carroceria e prejudicar o monobloco.

Apoiar a mão na manopla do cambio não é prejudicial.

Evite. Esse tipo de costume é o que mais auxilia no desgaste de várias peças do cambio.

Se o carro não ligar o ideal é empurrar o veículo.

Esse tipo de prática é desnecessária. Caso o carro não queira pegar ele tem algum problema e empurrar pode ajudar temporariamente, mas com certeza o problema voltaria. Além disso, empurrar o carro pode causar danos ao sistema de alarme.

Óleo nunca fica velho.

O calor é o maior causador de danos ao óleo, por isso, é um mito falar que ele não envelhece já que as altas temperaturas o fazem oxidar e engrossar.

Diesel ou álcool funcionam em um carro a gasolina

Essa não é completamente mentira. O carro funciona movido a álcool, mas se você quiser usar o diesel serão necessárias alterações para não afetar o motor.

O motor não pega se o reservatório de partida estiver frio.

Não é totalmente mentira também. O motor pegar ou não vai depender muito da temperatura do ambiente, nos dias muito frios é possível que dar a partida não seja fácil, mas não significa que não vai pegar.

Em carros flex se o motorista misturar dois combustíveis o consumo aumenta.

Essa também não é verdade. O consumo é diretamente proporcional à quantidade de cada combustível. Por exemplo, se a gasolina estiver em maior quantidade, o rendimento será maior do que quando estiver com mais álcool e vice-versa.