Como Separar seu Lixo para Reciclagem

Separar lixo para reciclagem

Separar lixo para reciclagem

Reciclar é fundamental. Todos os anos, mais de um milhão de toneladas de lixo é produzido. Com a coleta seletiva e a reciclagem dos materiais, este quadro vem mudando. Além de ajudar a natureza, esta prática ainda fornece emprego para uma série de pessoas. Muitos já adquiriram o hábito de separar o lixo e deixá-lo pronto para a reciclagem. Você sabe como fazer isto?

Os materiais recicláveis são classificados dentro de categorias. Essas categorias consistem em vidro, papel, ferro, alumínio e plástico. Para contribuir com a coleta seletiva do lixo, o ideal é você separar em cestas de lixo diferentes produtos que se enquadrem dentro de cada uma destas categorias. Por exemplo, jornais, revistas, envelopes, embalagens de ovo e papelão vão para a cesta dos papeis. Os papéis que estiverem sujos não vão para reciclagem e devem ir para a sacola de orgânicos.

Já embalagens de shampoo, de margarina, de material de limpeza, tubos de cola, saquinhos plástico e garrafas pet, por exemplo, precisam ser bem lavadas e depois colocadas no saco correto.

Hoje em dia, a reciclagem de garrafa pet tem gerado produtos incríveis. Muitas foram as soluções encontradas para estas garrafas que na natureza levariam mais de 500 anos para decompor. Assim como a reciclagem de cd que resulta em um monte de artesanatos interessantes e utensílios diversos. Os CDs devem ser colocados em um lixo separado e enviado para uma coleta em específico.

Os metais que podem ser reciclados são, por exemplo, latinha de refrigerante, panelas, pregos, arames, fios e sucatas. Esponjas de aço nem sempre podem ser recicladas. Já os materiais em vidro que podem ser reciclados são, por exemplo, copos, garrafas, cacos e potes. Ampolas de remédio, fibras de vidro, vidros temperados e porcelanas não são considerados materiais recicláveis.