Como Montar Uma Brinquedoteca

Uma Brinquedoteca é um tipo de empreendimento que ganhou muita força nos últimos anos. Seja um estabelecimento próprio ou mesmo em escolas, empresas e creches, as brinquedotecas precisam de um planejamento e não apenas adquirir os brinquedos e deixar que as coisas andem sozinhas. Para montar um estabelecimento desta natureza é preciso ter alguns cuidados e principalmente: vontade, afinal, quem não se encanta com várias crianças brincando e sorrindo toda hora? Preparamos algumas dicas para quem deseja montar a sua e quais pontos levar em consideração.

Planejamento e segurança

Brinquedoteca

Antes de começar é preciso se planejar, levando em consideração o local onde será instalado; qual será o público – alvo; quais os pontos positivos e negativos; quanto se tem para investir; qual o período que haverá retorno e perspectiva de crescimento são algumas questões a serem respondidas antes de adquirir os brinquedos. Leve em consideração também a segurança deles, como, por exemplo, a instalação de redes de proteção em alguns deles. As redes de proteção são necessárias em brinquedos maiores com risco de queda e evitam acidentes e demais dores de cabeça.

A segurança também deve ser avaliada sempre. É necessário levar em consideração as características dos brinquedos e qual a idade das crianças que brincarão com eles. Os funcionários também devem ser escolhidos a dedo, com referências e retrospecto positivo. As áreas comuns devem ser seguras, além dos banheiros limpos e cantina (caso houver) sempre limpa e com alimentos novos e de qualidade. Lembre-se que é preciso dar o seu melhor para fazer algo bom e que possa ser apresentado a diferentes pais, que devem acreditar que seus filhos estão seguros enquanto brincam.

Tipos de brinquedos

Na hora de escolher os brinquedos é necessário fazer um levantamento para avaliar qual será o foco da brinquedoteca. Será focada em brinquedos educativos? Em brincadeiras ou brinquedos eletrônicos? É claro que pode haver mais de um setor, contendo, inclusive, uma pequena biblioteca. Se quiser pode alugar o espaço para festas ou mesmo alugar alguns dos brinquedos, como cama – elástica, jogos eletrônicos e demais brinquedos que podem ser usados em festas infantis. Uma alternativa que fideliza o cliente é o sistema de empréstimo de brinquedos, com devolução na próxima vez que o cliente trouxer seus filhos para a brinquedoteca.

Brinquedoteca

Alguns desses brinquedos/ setores são ideais para começar, são eles: Consultório médico; bonecos e bonecas de vários tipos e tamanhos; instrumentos musicais; casas de boneca e cabanas; brinquedos que lembram supermercado; objetos de casa; lousa com giz; cama elástica; jogos como pebolim (totó) e mini sinuca; lousa com giz; fantasias; brinquedos de montar e quebra cabeças; bichos de pelúcia; ferramentas; brinquedos eletrônicos como lap top, fliperama, videogame e outros.

Setores

Para montar uma brinquedoteca também é preciso montar alguns setores, como recepção, salão Principal, biblioteca, sala de brinquedos e brincadeiras, administração, copa e banheiros. É interessante que o ambiente seja bem localizado e arejado, principalmente nos locais destinados a brincadeiras sob a orientação dos profissionais. As brincadeiras devem ativar o cérebro, a criatividade, capacidade de concentração e mobilidade dos pequenos e se possível a integração com a família, com os pais participando. Manter sempre o ambiente limpo e seguro também faz a diferença na hora de montar sua brinquedoteca.