Como Montar uma Banda

Quem nunca se imaginou levando uma vida de astro do rock? Muitas festas, mulheres, música, escândalos com direito até a destruir quartos de hotéis famosos e absolutamente inacessíveis para a imensa maioria da população do planeta.

Sua praia não é o rock? Mesmo sem os excessos da tríade sexo, drogas e rock ´n roll, certamente você já sonhou acordado em ser o líder de uma banda de pagode, o cantor principal de uma dupla sertaneja que enlouquece as mulheres por onde passa um dançarino de axé que vê do trio elétrico o quanto é admirado…

Como na música não se faz nada sozinho, o primeiro passo é montar uma banda. E isso, pode não ser tão fácil quanto se imagina. Depois de escolhido o estilo de música que a banda vai seguir, podem começar as desavenças. Afinal, cada músico traz suas influências e gostos particulares para essa nova realidade que é tocar em conjunto.
O segredo está em achar o equilíbrio entre todas as diferenças, fazendo dessa mistura o som que tenha, de fato, a cara da banda.

Para cada estilo de música, um tipo de banda. Para o rock, a base é bateria, baixo, guitarra e um vocal. Para alguns estilos, um teclado também é indispensável.
Para o pagode, muitos vocais, instrumentos de percussão como surdo e cuíca, cavaquinho e pandeiro.

Para uma banda de axé, mais do que instrumentos musicais você vai precisar recrutar pessoas que gostem mesmo é de requebrar. A base da música é sempre bateria, guitarra, baixo, teclado e muita percussão.

Não importa o estilo escolhido, para ter sucesso o fundamental é que os músicos se entendam dentro e fora dos palcos. Questões de ego ou ciúme entre os participantes já destruíram muitas e muitas bandas. Respeitando as diferenças e misturando as influências os resultados podem ser surpreendentes.