Como funciona a válvula borboleta?

As válvulas são dispositivos que servem para controlar o fluxo de líquidos ou gases em tubulações. Isso pode ser feito tanto para bloquear completamente o fluxo quanto para apenas reduzir sua pressão. Diante dessas funções, as válvulas fazem parte de diversos sistemas hidráulicos e pneumáticos, em residências, edifícios e indústrias. Há uma grande diversidade de válvulas existentes, cada uma com suas características específicas. Isso faz com que cada válvula seja mais recomendada para determinadas finalidades. Dentre os principais modelos, destacam-se a válvula globo, a válvula esfera e a válvula borboleta.

Como funciona a válvula borboleta?

Conhecendo a válvula borboleta.

A valvula borboleta é um utensílio utilizado para regular o fluxo de líquidos por encanamentos, especialmente em ambiente industrial. Também é recomendada para o controle de gases, pois seu sistema de vedação é muito eficiente, inclusive superior a outros mecanismos com essa finalidade. É bastante utilizada em redes de tratamento de esgoto, controlando tanto a água tratada quanto o próprio esgoto.

Como funciona?

A válvula borboleta pode tanto ser instalada em áreas abertas quanto ser enterrada. No segundo caso, é preciso que a válvula seja protegida por uma caixa para manobras. Este tipo de válvula possui um disco que bloqueia a passagem do fluido. Nas áreas abertas, o disco pode ser acionado por um volante manual, operado por força humana. Para as válvulas enterradas, o acionamento do disco se dá por meio de um sistema com uma haste de prolongamento T, instalado na câmara de manobras. Este tipo de válvulas também permite seu acionamento por meio de sistemas hidráulicos, pneumáticos e até mesmo elétricos.

É importante ressaltar que, para não prejudicar o funcionamento da válvula borboleta, o fluido não deve possuir temperatura superior a 60ºC.

Vantagens

As válvulas borboleta são muito apreciadas por sua precisão, tendo em vista que permitem um rápido fechamento. Além disso, tendem a ser mais baratas do que outros modelos. Disponíveis em diferentes tamanhos, as válvulas deste tipo são caracterizadas por sua leveza, o que não exige suportes tão complexos. Isso faz com que as válvulas borboleta ocupem menos espaço do que as válvulas gaveta ou válvulas globo.

Seu princípio de funcionamento é considerado bastante simples, de modo que é fácil de ser utilizada em diferentes ambientes, exigindo pouca manutenção. São fabricadas e comercializadas por diversas empresas no Brasil, e são bastante empregadas em geradores de energia e nas indústrias alimentícia, de papel e celulose, entre outras.