Como elaborar uma vitrine de sucesso

As vitrines são o primeiro contato visual entre o cliente e o ponto de vendas, e elas podem dizer muito sobre a loja. Vitrines de vidro limpas, criativas e com produtos bem selecionados se tornam um verdadeiro convite aos clientes, pois despertam interesse. A criação de vitrines, no entanto, exige alguns cuidados para que a estratégia funcione bem. Confira algumas dicas.

Como elaborar uma vitrine de sucesso

Objetivo

Como em qualquer outra estratégia de negócios a serem adotadas, a elaboração ou atualização de vitrines não deve ser feita de forma aleatória, sem um objetivo definido. A exposição dos produtos deve ter uma finalidade específica, como apresentar uma nova coleção, divulgar uma promoção, apresentar uma tendência, explorar uma temática específica (como uma data comemorativa, por exemplo), entre outros.

Público-Alvo

Qualquer decisão que seja tomada na elaboração das vitrines precisa ter em mente o comportamento, os gostos e preferências do público-alvo. Por isso, é preciso conhece-lo profundamente para explorar os itens que mais atraiam sua atenção e que potencializem mais vendas. É necessário que o cliente se identifique com aquele ambiente e com a maneira que a loja escolhe para se comunicar e criar um relacionamento. Por isso, pesquisas de mercado se fazem necessárias, já que é necessário obter informações específicas acerca do público da loja, como gênero, faixa etária, geolocalização, condições socioeconômicas, grau de instrução educacional, hábitos gerais etc.

Cenário e atualizações

As vitrines não são formadas apenas por peças aleatórias. É preciso que haja um contexto; um cenário; uma história a ser contada para captar a atenção de quem passar na frente da loja. Procure explorar temáticas específicas, criando cenários e adaptando os looks dos manequins a esse contexto. Os cenários podem ser trocados mensalmente, mas o ideal é que as peças em exibição nos manequins sejam atualizadas a cada semana. Consumidores gostam de novidades e lojas que não atualizam suas vitrines com frequência podem causar a impressão de que possuem pouca variedade de produtos.

A iluminação também faz toda a diferença numa boa vitrine. Além das lâmpadas elétricas convencionais, refletores, luz em movimento e lâmpadas de led são tendências que ajudam a chamar a atenção. Entretanto, cuidado para não cometer exageros.

Seleção de produtos

É preciso controlar a quantidade de produtos em exibição nas vitrines. Não se pode alocar todos os itens da loja nesses espaços, pois a poluição visual afastará o público ao invés de atraí-lo. Selecione os lançamentos, novidades ou produtos mais vendidos. Se você trabalha com diferentes segmentos; como moda masculina, moda feminina e moda infantil, por exemplo, procure variar as temáticas das vitrines, dedicando um tempo de exposição para cada segmento. Também é possível unir todos os setores sob uma temática comum.

Outro fator importantíssimo na hora de escolher os produtos é expor apenas os produtos disponíveis em estoque. Se o cliente se apaixona por um item na vitrine e descobre que seu tamanho não está disponível na loja, há um impacto negativo para a imagem da empresa.

Sazonalidade

Na hora de escolher a temática da vitrine, uma dica essencial é aproveitar as datas comemorativas e explorá-las na criação de cenários. As estatísticas apontam que as vendas aumentam muito nessas circunstâncias em que as pessoas trocam presentes umas com as outras, como Natal, dia das mães, dia dos pais, dia das crianças, e por aí vai.