Como cuidar de um jardim em casa?

Ter um jardim dentro de casa é uma ideia que atrai muitas pessoas. Além de ser uma maneira natural de melhorar a decoração da casa, os jardins são ambientes agradáveis, onde as pessoas podem ser sentir mais tranquilas e conectadas com a natureza, sem deixar o próprio lar. Os jardins domésticos amenizam a temperatura dos ambientes, as plantas recolhem a água das chuvas e atraem pássaros, sem falar no incrível efeito terapêutico. O cuidado com as plantas está associado à redução de níveis de estresse e ansiedade. O cultivo dos jardins, no entanto, é uma verdadeira arte, que requer paciência, dedicação e investimento. Confira algumas dicas de como fazê-lo:

Escolha de espécies

Os jardins em casa devem reproduzir ao máximo as condições da natureza para o bom desenvolvimento das plantas. Na hora de escolher as espécies, você deve levar em consideração as condições climáticas do local onde vive e a estrutura que sua casa pode oferecer. Há espécies que se adaptam melhor ao clima tropical, enquanto outras preferem temperaturas mais baixas. Há plantas que não se incomodam em receber a luz solar por todo o dia, mas há outras que não se adaptam a essa realidade.

Como cuidar de um jardim em casa?

Além do clima e da luz, também é preciso levar em consideração o tamanho de sua residência, pois locais pequenos não podem comportar árvores de grande porte. Procure analisar as condições que sua casa oferece e quais plantas se sairão bem nesse meio. Leve em consideração os seguintes fatores: luminosidade, crescimento, resistência ao vento, manutenção, tempo de vida, odores, toxicidade, espinhos, entre outros.

Investimentos

A criação de um jardim envolve certos custos, proporcionais ao tamanho das espécies e à quantidade de plantas, terra, grama e vasos. Para amenizar os impactos financeiros, é preferível montar o seu jardim aos poucos, com paciência. Uma dica é adquirir mudas pequenas, pois as adultas costumam custar mais. Além disso, vasos podem ser confeccionados em material reciclado, como garrafas pet e pneus, por exemplo.

Local

É preciso que as plantas disponham de espaço suficiente para crescerem. Por isso, procure avaliar qual o melhor lugar para o plantio. Espécies mais resistentes podem ser plantadas em canteiros. Geralmente, no entanto, os ambientes domésticos acabam exigindo o plantio em vasos, especialmente em se tratando de plantas mais delicadas. Nesse caso, é preciso tomar alguns cuidados com irrigação, exposição ao sol, tipo de terra, entre outros.

Cuidados Gerais

A melhor estratégia para cuidar bem do seu jardim é a definição de uma rotina, especialmente em áreas maiores, que demandam mais tempo e esforços. Espécies diferentes terão demandas diferentes. Algumas precisarão de mais exposição ao sol, outras precisarão de irrigação mais frequente, e por aí vai. Outros procedimentos, como adubação com os nutrientes mais indicados e remoção de insetos e pragas eventuais devem ser executados conforme a necessidade das espécies.

Não se esqueça de que a poda é fundamental para o correto desenvolvimento das plantas. Ela pode ser realizada com ferramentas manuais mesmo, como tesouras de poda ou serras. Lembre-se de realizar a poda na época certa. Siga as dicas e leve um pedacinho da natureza para sua casa!