Com a palavra: o pai

Quando minha mulher ficou grávida, arregalei os olhos e fiquei pálido, assim como ela. Dava pra ver no fundo dos olhos dela o tamanho da emoção e da felicidade! A palidez do rosto dela sumiu, veio um rubor e um grito de alegria, seguido de um abraço apertado em volta do meu pescoço. Claro que sorri também! Mas atrás das minhas córneas, o pensamento que corria era: “car****… eu vou ser pai… agora tá tudo lixado. O que eu faço??”.

Nem na pior aula de Física III da faculdade eu senti tanta coisa passar pela minha cabeça! Enquanto minha mulher pensava alto sobre segurar um bebezinho fofo e cor de rosa no colo, eu só conseguia pensar em mamadeiras sujas a esterilizar, gastos com enxoval, propor sociedade com a fábrica de fraldas, passeios intermináveis no shopping procurando roupas para gestante (afinal, minha esposa vaidosa não ia querer usar meus blusões quando as baby-looks dela deixassem de servir, por mais que eu pedisse).

Orçamento? Isso não me pertence mais!

Moda GestanteSempre achei isso uma tremenda covardia. Minha conta bancária só vê o dinheiro entrar num único dia – nos outros 29, é só saída! Dá desespero tirar o extrato no fim do mês. E agora com filho… meu Deus… Aquela coisinha miúda é uma máquina de sujar fralda – e quase não come, aquele miúdo! Como eles fazem isso?? Vou fazer amizade com o dono da farmácia do meu bairro, senão não aguento.

Mas o que me preocupa é mesmo as roupas para gestante da nova gravidinha do pedaço. Se a conheço bem, vão ser umas 3 sacolas diárias com duas peças em cada uma. “Essas são pra ir ao médico, essas são pro aniversário da minha irmã, essa são…”. Ai, meu orçamento… E eu pensando em trocar nosso carro num esportivo! Mas amém, acho que ela nem ia gostar dessa ideia, com bebê ou sem… Não tem problema, eu adio esse sonho um pouquinho. Mas só um pouquinho!

Ih, olha lá… minha mulher já tá em conferência com minha sogra e a melhor amiga, avisando da novidade. Que engraçado ela não ter postado no Faceb… ahn… não, ela já postou… Nossa, que hora ela fez essa postagem??

Não vai demorar, nossa casa vai ser invadida por um ou dois batalhões de amigas animadas com nosso bebê. Fico pensando: ele deve ter o que, umas 40 ou 50 células, e já é comemorado como o Bebeto na Copa de 96! Que engraçado isso… Um serzinho tão pequeno, nem dá pra ver sem lente ainda, mas já faz esse rebuliço todo! Pelo menos é um motivo bacana pra chamar meu pessoal pra comemorar com um choppinho aqui em casa… É, garoto, já tô gostando de você…

É um menino!

Ahhhh, garoto! Meninão do papai!! Vai me acompanhar nos jogos do time do coração, vou ensinar a jogar bola com os meninos do bairro, vamos dar voltas com o Dogão… Aliás, me lembre de te contar o dia que ele saiu arrastando sua mãe pela praça, foi hilário! Eu falei que ela era muito levinha pra conduzir um dog alemão, mas ela é orgulhosa… deixei. Mas você eu vou ajudar, hehehe! Até você ficar grande e conseguir levá-lo sozinho.

Nossa… “quando você for grande”… Será que vai ser paquerador igual eu fui quando era mais moço? Xiii, se for, estamos perdidos. Minha mãe me xinga até hoje quando lembra das minhas confusões! Meu pai ainda acha engraçado, mas logo para de rir quando ela  olha pra ele desaprovando. Seus avós são umas peças, você vai ver!

Olha, meu esportivo você só vai dirigir quando tiver 4 anos de carteira, experiência em atoleiro e em marginal Tietê em feriado, viu? Senão, só no banco do carona e olhe lá. Até lá eu te ajudo a comprar um carango bacaninha e que não fique caro pra consertar se você acertar um buraco na pista ou der um totó no carro da frente. Mas espero que você puxe sua mãe e não seja barbeiro. Não que eu seja! Mas sua mãe dirige muito melhor que qualquer um que conheço. Só não peça pra ela te ensinar, porque ela não tem muita paciência dando aula de direção, sabe? Da última vez que ela tentou quebrar esse galho pra uma conhecida, ela ficou tão irritada que precisou de remédio pra dormir. Por UMA SEMANA.

E quando você tiver seus filhos?

Nossa, é mesmo! Um dia você vai me dar netos! Meu Deus, como estou envelhecendo! Já vou ser avô! Mas nem tenho fios brancos ainda, como assim “vou ser avô”???

Ah…

Nossa… viajei… minha mulher ainda está ao telefone contando da gravidez pra minha sogra.