Clareando ambientes escuros

O país vive uma fase complicada. O preço de vários produtos subiu vertiginosamente e um deles foi o da energia elétrica (com exceção de alguns estados). Com isso, parte do esforço do brasileiro em economizar energia aparentemente “vai embora” porque as contas vão chegar mais altas mesmo com toda a economia que nos acostumamos a fazer.

Com isso, ficou vital aproveitar ao máximo a luz natural dentro de casa. Cortinas abertas, janelas grandes, construções com espaço suficiente entre si para que a luz tenha como entrar e… opa… mas e aquelas cidades onde as casas e prédios ficam tão próximos uns dos outros que mal entra luz nos cômodos? É… ainda tem mais essa, e esse é um problema que não se pode mudar, afinal são construções inteiras. Restam, assim, poucas opções para quem mora em lugares assim, amas existem alguns truques que podem ajudar – e um deles é usar porta balcão de alumínio em lugar da porta de madeira.

Trocando escuridão por claridade

As-portas-balcão-podem-servir-como-uma-solução-natural-para-a-escuridão-de-quartos-e-salas.Na verdade, esse é só um dos truques. É claro que a porta de madeira costuma ser preferida por causa da privacidade e do conforto térmico e acústico (além do visual, para quem curte uma decoração mais clássica). Mas usar uma porta balcão – inclusive no lugar das janelas – pode iluminar tanto um cômodo que você mal o reconheceria! O alumínio reflete muito mais a luz do que a porta de madeira; além do mais, permite a colocação de grandes placas de vidro, o que faz com que a quantidade de luz externa que entra no cômodo aumente exponencialmente. Mas quem ainda prefere ficar com as portas e as janelas de madeira pode optar por uma saída prática e rápida: pintá-las de branco. Essa alternativa, sozinha, clareia o ambiente de uma forma espetacular! Mas atenção: para pintar a madeira é necessário remover o verniz que a recobre, senão a tinta não “pega” direito e vai descascar e formar bolhas em pouco tempo (e vai ficar bem feio). Se optar por essa forma de clarear sua casa, solicite a ajuda de um profissional.

Outra dica diz respeito à própria cor das paredes. É comum encontrarmos casas com uma parede colorida e as demais brancas, ou mesmo todas elas pintadas em cor creme, rosa claro ou azul claro, etc. Esse tipo de pintura tem grande valor decorativo mas pode comprometer a luminosidade do cômodo, principalmente se a cor escolhida for escura (como tons mais fechados de vermelho, azul ou verde). Que tal pensar em usar uma cor mais clara agora? Isso vai fazer com que você possa demorar um tempo razoável a mais para precisar acender a luz daquele cômodo – e olha a economia de energia aí. Ah, uma dica valiosa: indiferente da cor que você usou nas paredes, a do teto deve ser sempre branca, ok? Usar cores escuras no teto escurecem muito o ambiente, mesmo que o restante das paredes seja claro.

Nada disso?

Trabalhar-as-cores-dos-ambientes-pode-te-ajudar-a-clarear-a-casa.Bom, gosto é gosto, e se você não pretende instalar porta balcão no lugar da de madeira, nem pintar as portas e janelas de branco, nem repintar suas paredes, que tal então mexer na cor dos móveis? Claro que sair comprando móveis novos em cores mais claras com o intuito de economizar energia não vem ao caso (a menos que você esteja razoavelmente bem de vida!), mas uma pequena artimanha pode deixar tudo mais claro – literalmente. Nas camas, use colchas de cor mais clara, e nos sofás, use capas claras também. Se não gostar de usar capas, que tal cobri-los com mantas de tear brancas e cor-de-creme? Fica super chique e dá uma clareada bem interessante na sala!

Mais duas dicas? Vamos lá. Outra manobra é trocar as cortinas escuras por outras mais claras; você não imagina como uma cortina escura rouba luz num ambiente! As mais clarinhas vão fazer parecer que você instalou uma lâmpada mais forte ali. Ah, mas se o problema for o piso escuro demais… tapetes! Hoje em dia, existem tapetes de vários formatos, tamanhos, materiais e orçamentos. Mesmo que seja o piso mais escuro do mundo, um tapete claro sobre ele “quebra” essa escuridão toda.

Existem várias saídas para esta época, em que a crise hídrica e seus reflexos na energia elétrica ameaçam durar muitos meses. Por isso, para salvarmos nossos bolsos (e também para colaborarmos), é importante tomarmos algumas medidas imprevistas, mas que estejam de acordo com nossas necessidades e nossas possibilidades também. Pense com carinho nas dicas acima e veja se alguma delas se aplica ao seu caso. Economizar é importante, mas sem perder na qualidade de vida. Boa sorte!