Cidade de Palmeiras – Sede da Chapada Diamantina

Cidade de Palmeiras – Sede da Chapada Diamantina

Cidade de Palmeiras – Sede da Chapada Diamantina

Sede do Parque Nacional da Chapada Diamantina, o município de Palmeiras, além de contar com atrações como trilhas, rapel, cachoeiras e muito verde, tem por trás de sua construção uma história cultural riquíssima.

Em meados do século XIX, o lavrador Joaquim Pereira Santos, comprou um pedaço de terra com o intuito de transforma-lo em uma fazenda de café. A fazenda foi nomeada como Fazenda das Palmeiras, devido à alta quantidade de palmeiras no lugar.

A fazenda era banhada pelo Rio Preto, do qual o córrego do Lajedinho é afluente, consequentemente nesse córrego foi descoberta a possibilidade de exploração de diamantes. Assim, diversos garimpeiros foram atraídos para região, mesmo aqueles que viviam de outros meios, como a lavoura, passaram a se interessar pelo garimpo.

Com o crescimento dos moradores logo a fazenda cresceu, transformando-se num arraial. Conforme o tempo passava mais pessoas chegaram àquela região, as casas tomaram aparência mais elaborada e definitiva, ao invés de temporárias. Mas foi apenas em 1930 que o arraial, após passar por Vila, ganha o titulo de Município Palmeiras.

Hoje em dia, Palmeiras ainda consegue preservar parte de sua arquitetura histórica, contando ainda com vestígios de pinturas rupestres, sim, para quem imaginava que a pintura rupestre não existia por cá, ela existe sim.