Certificação do produto pelo Inmetro

Entre as muitas responsabilidades do Inmetro, a certificação de que os bens e serviços foram produzidos de acordo com as exigências mínimas previamente estabelecidas se destaca como uma de suas atividades mais importantes. Neste artigo, vamos dar uma olhada em como Inmetro certifica bens e serviços.

O que é o Inmetro?

O que é o InmetroInmetro é o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Indústria l, que é o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial. Este instituto é credenciado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio e coopera com a Secretaria Executiva do Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial, também conhecida como Conmetro.

Inmetros missão é fortalecer empresas brasileiras, aumentar sua produtividade através da adoção de mecanismos para melhorar produtos e qualidade de serviço, bem como promover a confiança dos produtos comercializados no país na sociedade brasileira.

Entre as formas de certificar produtos e serviços pelo Inmetro, há o sistema Orquestra Inmetro.

As principais responsabilidades do Inmetro são:

Implementar políticas nacionais de metrologia e de qualidade

Verificar se as normas legais relativas às unidades de medida, aos métodos de medição e aos instrumentos de medição são cumpridas

Garantir a manutenção das normas de unidade de medida no Brasil

Fortalecer a participação brasileira em atividades internacionais relacionadas à metrologia industrial e à qualidade

Credenciar laboratórios nacionais e organizações brasileiras de inspeção e certificação, para que promovam a avaliação de produtos e serviços comercializados no país

Desenvolver programas e estabelecer conformidade para avaliar produtos, serviços e processos

Quais produtos requerem um certificado

certificações

Existem dois tipos diferentes de certificação do Inmetro:

  • Certificações Voluntárias
  • Certificações obrigatórias

As Certificações Voluntárias são concedidas a empresas que decidam por si mesmas que desejam ter seus bens ou serviços certificados pelo Inmetro. A decisão de solicitar voluntariamente uma certificação do Inmetro é geralmente feita por exportadores brasileiros para cumprir os requisitos internacionais. Por exemplo, os Estados Unidos e a União Europeia exigem que, para a maioria dos produtos, um certificado que ateste que o produto ou serviço atende aos requisitos impostos pelo Inmetro. A lista completa de produtos que podem ser certificados voluntariamente pelo Inmetro é:

  • Água mineral natural em garrafa
  • Artigos de informática
  • Blocos cerâmicos para alvenaria
  • Cachaça
  • Fibra de sisal
  • Interruptores e disjuntores
  • Instalações elétricas de baixa tensão
  • Instalações e Equipamentos na produção de ” Cestas Básicas “
  • Materiais e equipamento para construção civil
  • Painéis de contraplacado para uso estrutural e não estrutural
  • Pirarucu salgado seco (Arapaima Gigas)
  • Placas cerâmicas para pavimentos
  • Telhas de cerâmica
  • Válvulas industriais para instalações de exploração, produção e transporte de produtos petrolíferos
  • Vidro temperado plano

As certificações obrigatórias são impostas por regulamentos específicos emitidos pelo Inmetro, afirmando que uma empresa só pode comercializar ou produzir um produto ou serviço se já foi devidamente certificada. Nesse caso, uma portaria do Inmetro definirá os requisitos mínimos que devem ser atendidos por todas as empresas que produzem bens ou serviços específicos, bem como o prazo a que essas empresas devem trabalhar. As certificações obrigatórias são geralmente exigidas nos casos em que produtos ou serviços podem prejudicar a saúde das pessoas, a segurança ou o ambiente.