Caminhão de frete ou transportadora: qual a melhor opção?

Mudanças residenciais ou comerciais são sempre muito trabalhosas e exigem a tomada de uma série de decisões. Uma dessas escolhas é: é preferível contratar uma empresa de mudanças ou um profissional informal com caminhão disponível? Tudo é uma questão de análise de custo-benefício para ver o que se aplica melhor ao seu caso.

Caminhão de frete ou transportadora: qual a melhor opção?

Um caminhão de frete é a opção com menor custo: aproximadamente 35% mais barata. O ideal é que seja agendado com pelo menos 48h de antecedência. A desvantagem, entretanto, é que você será responsável por realizar todo o trabalho de empacotamento e os liberais não fazem seguro de mudanças. A contratação de transportadoras, por sua vez, é uma opção mais confortável, já que a embalagem de todos os móveis, louças e objetos em geral fica a cargo da empresa, que ainda faz o seguro.

Cuidados ao contratar

Na hora de escolher empresas de mudança, é preciso verificar a idoneidade da transportadora. Verifique o site da empresa e consulte o Procon para ver se não há registros de queixas. Consulte todos os serviços de que a empresa dispõe: mudanças residenciais, mudanças comerciais, embalagens, transporte intermunicipal, caminhões identificados, guarda-móveis, entre outros. Um aspecto importante para segurança é verificar se os funcionários estão identificados ou uniformizados, já que estarão entrando e saindo de seu imóvel constantemente. Se a opção for o caminhão de frete, é importante que sempre haja alguém da família acompanhando o processo de perto.

Materiais

As empresas de mudança já trazem todo o material apropriado para a embalagem de pertences: isopor, plástico-bolha, papéis, papelão ondulado, dentre outros. Se a embalagem estiver sob sua conta, certifique-se de que você tem os materiais mais adequados para evitar danos.

Preços

O tamanho do caminhão e o valor do transporte são estimados pelas empresas transportadoras com base em uma série de variáveis: quantidade de objetos, espaço que será ocupado, distância do transporte, quantidade de carregadores contratados, grau de dificuldade do imóvel (se há estacionamento, se há elevadores, se é no primeiro ou no último andar etc), necessidade de içamento de objetos, empacotamento e transporte de objetos frágeis, adicional noturno, entre outros. Esses itens também são levados em consideração por profissionais informais, no caso do uso de caminhão de frete.

Em caso de contratação de empresas, a sugestão é que sejam realizados orçamentos em ao menos três companhias diferentes, verificando e esclarecendo dúvidas sobre todos os itens dos contratos e das apólices de seguros.

Observação:

Objetos como obras de arte, armas de fogo, joias e documentos não são protegidos pelas apólices, caso algo aconteça. Portanto, não deixe esses itens aos cuidados das empresas. O mesmo serve para medicamentos – mantenha-os com você.