Bullying – Como Combater e Prevenir o Bullying

Como Combater e Prevenir o Bullying

Como Combater e Prevenir o Bullying

Tecnicamente o bullying é um termo utilizado para descrever atitudes violentas praticadas repetidamente por uma pessoa ou um grupo com a intenção de intimidar e agredir um indivíduo. A palavra tem origem no termo bully (valentão) e serve tanto para agressões físicas como psicológicas, com o intuito de perseguir uma pessoa incapaz de se defender de tais atitudes.

O bullying é comumente praticado entre crianças nas escolas, mas também pode acontecer no ambiente de trabalho, na família ou entre vizinhos e, tratando-se de pessoas adultas, o combate ao bullying é muito mais complicado. A prática pode começar de forma considerada inocente como risadas, empurrões, fofocas e apelidos, mas em alguns casos pode tomar proporções trágicas com agressões físicas, assassinatos e suicídios.

Como combater?

A guerra ao bullying deve começar na infância, instruindo as crianças a não praticarem e a não virarem vítimas. É difícil encontrar alguém que nunca tenha testemunhado ou sofrido com este tipo de “brincadeiras”, porém, quantas dessas pessoas souberam identificar a situação e procurar ajuda? A omissão é o maior aliado do bullying nesse caso, pois ele se traveste de situações vistas como engraçadas e inocentes e não recebe a atenção necessária dos pais, professores e responsáveis.

Como Combater e Prevenir o Bullying

Como Combater e Prevenir o Bullying

A família é a base de tudo. Pesquisas revelam que crianças que presenciam situações de violência dentro de casa tendem a reproduzir esse comportamento ou, pelo contrário, tornam-se vítimas propensas a sofrer com o bullying. Por outro lado, crianças que possuem uma autoestima elevada e facilidade de relacionamento social dificilmente deixam-se impressionar por intimidações. Portanto, tão importante quanto dar o exemplo dentro de casa usando palavras positivas e de motivação é estimular o fortalecimento da rede de amizades da criança e celebrar suas conquistas pessoais, tudo isso criará uma sensação de segurança e proteção para a criança.

Toda criança tem direito de ser criança, com a liberdade e a criatividade que a idade permite, mas algumas regras sociais precisam ser fixadas desde cedo, para que elas possam discernir sozinhas o que é certo do que é errado e colocar esses ensinamentos em prática no momento que se virem longe da vigilância dos pais. Enquanto a escola e a família não se preocuparem em ensinar autoestima, confiança e amor para as crianças, o bullying continuará se disseminando silenciosamente, atingindo faixas etárias cada vez mais baixas, inclusive crianças nos primeiros anos de escolarização.

  • nickolly cds

    eu ñ entendo falam tanto de bullying na escola mas esquecem de bullying na sociedade e no esporte

  • rebeca santos

    nos presisamos conbater o bullyng de varis formas fazendo cartazes, indo sa escolas e fazendo campanhas nas cidades mais proximas e encintivando os alunos a nao praticar o bullyng mais sim ajudar a cimbater esse ato de vilolencia eu posso ajudar mais eu presizo de ajuda das pessoas eu sizinha nao da certo precizamis de mais pessoas

    muito obrigado(a)

  • Kethelyn Oliveira

    É muito interessante esse assunto, mais eu acho que as pessoas deveriam se concientizar e se colocar no lugar das vítimas do bullying, talvez pensando assim: Se fosse comigo, será que eu iria gostar?
    Então eu acho que se as pessoas começassem a pensar assim, o problema iria diminuir cada vez mais.

  • Laura

    Eu sofro muito bullying por exemplo por ser:Metida,patricinha,testuda,nariguda e apaixonada…
    O que posso fazer para que isso pare pelo menos um pouco…

  • adriana

    Eu continuo sem saber o q fazer com os meninos da rua onde moro que fazem brincadeiras e até agressões com meu filho de 10 anos. O q eu devo fazer? Procuro a polícia para ou eu mesmo devo agredir a quem agride meu filho?

  • Ana

    Eu sofro mais guardo pra mim n aguento mais o q eu faço ?? … bjs

  • luana lopes do prado martins

    eu sofro bullying desde que uma pessoa entro na minha vida. esta pessoa fica espalhando mentiras da minha vida.alguns dias eu assisti um filme sobre o bullying esta pessoa começou a chorar dai ela fala que sofreu esse tipo de violência mas eu sofro desde que ela entrou na primeira serie.