Assalto A Ônibus: É Possível Se Prevenir?

Assalto a ônibus

Assalto a ônibus

Infelizmente sabemos que a violência é a tônica do dia em todo o país; e o que antes era “privilégio” das grandes cidades, hoje em dia já é objeto de preocupação até em pequenos centros urbanos, porque em qualquer lugar as pessoas se sentem desamparadas, desprotegidas e frágeis diante da aparente incapacidade do Poder Publico em conter a violência, deixando-as entregue à própria sorte.  Sem dúvida, os altos índices de violência que presenciamos diariamente comprovam que viver em sociedade implica correr riscos, sim. Implica a possibilidade de nos expormos a seqüestros, a roubos de veículos e  de cargas, e a várias modalidades de assaltos.

Então, como você pode se prevenir de assaltos no transporte coletivo?

Para você não fazer parte dessa triste estatística, ou pelo menos reduzir, ao máximo, a chance de ser pego desprevenido, veja algumas dicas importantes.

1 – Caso precise pegar um transporte público, evite andar sozinho em lugares suspeitos; vá acompanhado. E ao se dirigir a um  ponto de ônibus, prefira aquele de maior movimento, localizado próximo aos principais estabelecimentos comerciais. E nunca espere  ônibus em paradas mal iluminadas e desertas, pois pode ser muito perigoso.

2 – Horários dos assaltos. Os ladrões geralmente assaltam os coletivos de manhã bem cedo, ou no final da noite. Segundo autoridades, grande parte dos assaltos são registrados nesses horários. Assim, se puder, procure evitar esses horários.

3 – Procure sentar-se longe do motorista e do trocador. A verdade é que, além dos passageiros,  o motorista e principalmente o trocador também são o alvo dos ladrões. Sempre atuando em dupla, enquanto um ladrão aborda o motorista, o outro leva todo o dinheiro que o cobrador deixa no caixa para o troco.

4 –  Observe quem entra no coletivo. Caso você perceba duas ou mais pessoas que, ao entrarem no coletivo, se sentam separadamente e começam a manter certo contato visual, é preferível não arriscar: desça logo no próximo ponto, pois podem ser assaltantes.

5 – Evite andar com muito dinheiro ou vários cartões de crédito. O ideal é você carregar apenas o dinheiro necessário para pequenas despesas. Mas caso você tenha mesmo que carregar valores em dinheiro ou objetos de valor, a dica é dividir tudo em pequenas porções, guardando em locais diferentes.

6 – Preste atenção no modo como você carrega bolsas, carteiras ou sacolas. Os batedores de carteiras nunca dormem em serviço, por isso coloque a carteira, a bolsa ou a sacola na frente do corpo, junto ao estômago, e nunca nas costas ou lateralmente.

7 – Evite usar jóias e bijuterias reluzentes. A razão é simples: esses acessórios podem atrair a atenção dos assaltantes.

8 – Cuidado ao dormir no coletivo. Segundo estatísticas, os furtos de bolsas, carteiras e relógios acontecem quando a vitima está dormindo no coletivo.

9 – Jamais reaja, sua vida é o bem mais valioso. Se o coletivo em que você viaja for invadido por ladrões armados, procure manter a tranqüilidade e não reaja, uma vez que  os ladrões não têm nada a perder; e por estarem sob o efeito de drogas ou nervosos,  ao se sentirem ameaçados, podem reagir, atirando.

Com certeza, seguindo essas dicas simples mas muito importantes, é possível alguém evitar ou minimizar a chance de ser assaltado no transporte coletivo. Mas é claro que é indispensável também  a colaboração do Poder Publico – mapeando, reprimindo a violência e cumprindo a lei – o que sempre contribui para aumentar a sensação de segurança da população  nos grandes deslocamentos urbanos.